Na tarde desta última terça-feira, dia 25, o #pai de santo e médium Theprit Pale de 25 anos realizou uma exibição de seus poderes de autocontrole e imortalidade para dezenas de seguidores. O religioso, que participava e liderava diversos encontros espirituais na cidade de Chiang Mai, na Tailândia, usava, na maioria das vezes, objetos cortantes e animais peçonhentos em suas apresentações.

Durante o 'show' desta terça-feira, o médium dançou e bebeu com seus convidados e seguidores, exibindo-se com diversas facas e lanças afiadas. Durante sua série de testes que desafiavam a morte, Theprit Pale sofreu um grave acidente, ao manusear uma dessas facas próximas a seu corpo.

Publicidade
Publicidade

O objeto que perfurou profundamente a região do peito, entrou profundamente em seu corpo, atingindo e fisgando seu coração, fezendo com que o pai de santo fosse a óbito.

Antes de ser levado ao hospital de Chiang Mai, Pale havia sido socorrido e recebido os primeiros socorros no local, porém, não resistiu ao ferimento e morreu.

De acordo com alguns moradores da região, o médium sempre teve êxito em suas apresentações e nunca havia sequer saído ferido dos encontros. Segundo Noom Udorn, amigo e fiel seguidor de Theprit Pale: ''A espada geralmente quebra quando é pressionada contra o peito dele, mas dessa vez acabou penetrando a pele''.

Embora considerado bastante jovem para o posto que ocupava, o médium era bastante respeitado e querido na cidade.

Mediunidade

Designada como a comunicação direta entre humanos e espíritos, a mediunidade é uma prática bastante respeitada e presente em diversos países ao redor do mundo.

Publicidade

Com diversas variáveis, os médiuns podem se comunicar com os vivos e os mortos, através da: escrita (psicografia), fala (psicofonia), presença (vidência) e sons e batidas (tiptologia).

Tida como um dos principais alentos para quem deseja manter ligação com entes queridos que já faleceram, a mediunidade pode ajudar a esclarecer dilemas antigos, bem como curar doenças do corpo físico e espiritual.

No Brasil, diversos médiuns ganharam fama após prestarem consultas espirituais a milhares de pessoas, curando-as de enfermidades e fazendo contato com entes que já partiram. Muitos desses médiuns usavam da psicografia para relatarem experiências 'sobrenaturais' em livros de autoajuda. Um dos médiuns mais conhecidos e respeitados foi o brasileiro, Francisco Cândido Xavier, conhecido por Chico Xavier. Ele que até hoje é devotado por milhões de pessoas anônimas e famosas, faleceu no dia 30 de junho de 2002, deixando diversos ensinamentos e um grande legado para a posteridade. #médium morre #morre com faca no peito