Um homem identificado como Steve Stephens postou em seu Facebook uma execução ao vivo. O vídeo mostra ele abordando e atirando em um idoso, além de ameaçar outras pessoas nas ruas dos #Estados Unidos, neste domingo. O criminoso alega ter feito outras vítimas.

No perfil de Steve, ele que se apresenta como Steve Steve, há o vídeo que está viralizando, onde ele cita o nome de uma mulher, Joy Lane, e diz à vítima que essa mulher é a culpada por ele estar sendo morto.

Após isso, o homem engatilha a arma e dispara em um idoso de 78 anos, chamado Robert Goodwin, que não resistindo ao ferimento à bala, faleceu.

A polícia procura o homem que afirma que não irá parar enquanto sua mãe e sua namorada não procurarem por ele.

Publicidade
Publicidade

Ele informou também que trabalha para o Beech Brook, uma organização em Cleveland que fornece apoio a jovens.

Não se sabe ainda se o criminoso tem algum distúrbio mental e quais são todas as motivações para o #Crime, exceto as que ele vai postando em sua rede social.

O jornal Cleveland divulgou o crime na primeira página e informa que o crime aconteceu por volta das 2 horas da tarde, deste domingo (16). O mesmo veiculou que Stephen está mudando o status no Facebook o tempo todo e afirma em comentário que já matou mais de 15 pessoas. Ele diz que está com problemas em seu relacionamento com Joy Lane e com outros membros da família.

Polícia

O crime ocorreu na região 635 E. 93, no estado de Ohio, Cleveland e a polícia já está a postos para parar Steve.

Por hora, a Cleveland Police (Polícia de Cleveland), se pronunciou no Twitter, divulgando foto e caraterísticas do suspeito: um homem barbudo, careca e usando uma camisa escura de listras.

Publicidade

Apesar de Steve ter dito que fez outras vítimas, a polícia ainda não tem evidências de outros assassinatos e pede que ninguém se aproxime dele que é perigoso, está armado e roda pelas ruas em um Ford Fusion na cor branca. A polícia também pede que, se avistado, deve-se entrar em contato imediatamente com a polícia (através do telefone da polícia da região, que é o 911) para fornecer a localização.

O vídeo já foi retirado do site, a pedido da polícia para não incentivar a criminalidade.

O chefe de polícia Calvin Williams não descarta a possibilidade de outras vítimas de arma de fogo dessa tarde de Domingo, tenham sido obra de Steve.

“Quaisquer que sejam os problemas que ele tem, estamos aqui para conversar com ele. Se ele tem problemas ele precisa conversar e resolver”, falou Williams a imprensa.

#homicídio