Condenado a seis anos por manter relações com uma garota de 15, o jogador inglês Adam Johnson foi flagrado em um diálogo com detentos na prisão onde cumpre pena. Ele está preso desde março do ano passado e, durante o julgamento, acabou demitido do time Sunderland.

Nas conversas, o meia aparece tentando se vangloriar da situação diante dos demais detentos. Mas, não chega a admitir que sabia que a menina era tão jovem. Diz que achava que ela tinha 17, 18 anos. Contou que ela o esperava muitas vezes após os treinos, sempre com jeans apertados e blusas curtas e decotadas.

Isso aconteceu por seis meses, até que um dia ela pediu para que ele lhe autografasse uma camisa.

Publicidade
Publicidade

Depois sempre pedia para tirar fotos e o adicionou nas redes sociais. Eles se falaram por algumas semanas, até que marcaram um encontro.

No Tribunal, o jogador admite que beijou a menina, disse que estava envergonhado, mas nega que tenha mantido relações sexuais com ela.

Confira um trecho do diálogo:

Detento: “Quanto tempo você tem (a cumprir), seis anos?"

Johnson: “Sim".

Detento: “E você nem mesmo fez amor com a menina?”

Johnson (rindo): “Eu nem saí do meu carro”

Detento: “Não foi como se você a tivesse estuprado ou algo assim?”

Johnson (rindo): “Não, eu até gostaria de fazer isso em troca de seis anos (de prisão)”.

O atleta tem 29 anos e culpou sua prisão pelo fato de ele ser uma celebridade. Ao ser perguntado se vai jogar futebol profissional novamente, quando sair da prisão, ele disse que sim, mas acredita que suas chances estão praticamente destruídas.

Publicidade

“Eu tenho mais chance no exterior. Na Inglaterra você não pode ter uma segunda chance”.

Ele ainda diz que está sendo perseguido pela família da adolescente, apenas por ser uma pessoa famosa. “Se eu não fosse quem eu sou, ele (o pai da garota) não teria nem ido para a delegacia”.

Johnson também reclamou das mulheres de hoje em dia, que ficam bêbadas nas noitadas, e que também se compadeceu do companheiro de futebol Ched Evans, que foi absolvido do crime [VIDEO] de estupro em um julgamento conturbado e de muita repercussão, no ano passado.

Disse ainda que muitas pessoas acham que está recebendo um tratamento diferenciado na prisão, o que não é verdade.

O vídeo, com seis minutos de duração, parece ter sido registrado na lavanderia da penitenciária e já está sendo alvo de uma investigação pelos chefes da prisão. Com a repercussão, as chances de o atleta ir logo para uma prisão em regime semiaberto praticamente desapareceram.

Johnson tem uma filha de dois anos com sua ex-esposa, Stacey Flounders.

#Crime