Após o anúncio da aproximação dos Estados Unidos com seu porta-aviões, a #Coreia do Norte ameaçou atacar as forças armadas do país. Em pouco tempo, o país estava com seus soldados desfilando pelas ruas em um ato cívico onde também suas bombas e mísseis foram apresentados como forma intimidatória para os EUA, que busca impedir a produção de armas nucleares pela Coreia do Norte. Para mostrar seu poderia, o país tentou lançar um míssil neste domingo, mas a tentativa de lançamento do projétil acabou falhando.

Kim Jong-Un ordenou testes com um míssil em uma região chamada Sinpo, localizada na costa leste da Coreia do Norte.

Publicidade
Publicidade

O lançamento fracassado do projétil aconteceu no dia em que o país comemorava o 105° aniversário de fundação da Coreia do Norte, na capital, em Pyongyang. Quem informou sobre a falha no teste foi o Ministério de Defesa da Coreia do Sul, que monitora o país vizinho que já ameaçou os sul coreanos diversas vezes.

É na Coreia do Sul que encontram-se também milhares de soldados norte americanos, o que seria um alvo fácil para o presidente da Coreia do Norte. Segundo o comunicado emitido pelo ministério sul coreano, o míssil testado pelo país vizinho ainda não foi identificado, elas apenas perceberam que assim que as ordens para lançamento foram dadas, o projétil explodiu imediatamente, sem conseguir alcançar propulsão. As investigações ainda estão sendo concluídas, e o teste da Coreia do Norte será analisado mais detalhadamente, conforme disse as autoridades sul coreanas.

Publicidade

O lançamento do míssil foi realizado em um local conhecido como Hamkyong do SUl, uma província da Coreia do Norte. Pouco tempo depois da Coreia do Sul informar o lançamento falho do míssil, o Comando do Pacífico dos Estados Unidos também confirmou que o país de Kim Jong-Un testou o lançamento de mais um míssil. Segundo as autoridades norte americanas, o lançamento foi realizado Pas 18h21 deste sábado, considerando o horário de Brasília como referência.

Donald Trump foi informado sobre o míssil, conforme um funcionário do governo americano disse à um jornal. O lançamento do míssil aconteceu um dia depois da comemoração do ‘Dia do Sol’, uma data importante para a população norte coreana, onde eles também comemoram o dia de fundação do país. A Rússia disse na sexta-feira (14), que o país poderia fazer o teste de um míssil nesse dia, pois era uma data muito importante para o país de Kim Jong-Un. O que as autoridades ainda não confirmaram é se o míssil testado era uma bomba atômica, onde somente as investigações mais detalhadas da Coreia do Sul poderão confirmar isso em breve. #Trump