Essa semana, a divulgação de um ato de preconceito contra jovens negros, chocou os moradores de Melbourne, na Austrália. Isso porque o dono de uma loja de conveniência decidiu colocar uma placa na entrada do estabelecimento proibindo a entrada de jovens negros no local. No papel afixado na loja, está escrito que adolescentes de quatorze a dezoito anos ficam proibidos de comprarem qualquer produto no local. Para piorar ainda mais a situação, o texto deixa claro o motivo da recusa. Fica explícito nos dizeres colocados na porta que o motivo é que jovens de cor são os responsáveis pelos roubos e furtos que acontecem diariamente na loja. A mensagem é absurda e trágica e aponta um preconceito explícito.

Publicidade
Publicidade

Além disso, na mesma placa, o dono deixa claro que a entrada de cães também é proibida. A comparação é praticamente imediata para quem lê o recado. O estabelecimento fica localizado no bairro de Melton, e não teve o nome divulgado. Mas o caso teve repercussões negativas depois que um morador da cidade decidiu publicar nas redes sociais a placa. O caso deixou os internautas estarrecidos, e os comentários foram os mais diversos possíveis. Vários usuários que acessaram a página denunciaram o texto como crime de ódio. Depois que o caso foi divulgado, inúmeros outros moradores decidiram contatar a polícia pelo crime. Um inquérito foi aberto pela policia estadual de Victoria, que agora investiga as circunstâncias do ocorrido, e de que maneira o dono da loja será punido pelo crime de #Racismo.

A população Australiana é composta por brancos devido à colonização inglesa, pelos aborigenes que são os habitantes nativos locais do continente, e por imigrantes.

Publicidade

De pele mais escura esses povos nativos sempre foram alvo de preconceito por uma parte da população. Considerados como pouco escolarizados, e homens ‘da floresta’, existe uma dificuldade enorme para a total integralização desta parte do povo à população branca, ainda nos dias de hoje. O estado tem feito esforços para poder assegurar aéreas de terra para os aborígenes conseguirem viver em espaços em que possam preservar a sua cultura local, que envolve uma língua própria, tipos diferentes de comida e moradia. Essas divisões de terra causam ainda desconforto em grande parte da população que tem dificuldades de aceitar a cultura dos nativos. Além deles, a Austrália assim como grande parte do continente europeu, recebe anualmente uma grande sorte de imigrantes de várias partes do mundo. Muitos deles africanos, mas, sobretudo indianos que tentam construir uma vida melhor na outra parte do globo. Esses também são alvo de preconceito, e têm dificuldade de se integrarem ao restante da população, como ocorrem em vários lugares do mundo.

Publicidade

De maneira que atos como esse devem ser punidos, na tentativa de acabar com esse tipo de conduta racista, e permitir que qualquer pessoa de cor ou não, consiga ter um lugar na sociedade sem ser discriminado.