Matthew Notebaert, um homem de 33 anos estava aproveitando uma saída com a esposa, Amanda, quando exagerou na conta. O homem estaria tendo relações sexuais com a esposa, enquanto bebia e dirigia o carro. O resultado foi o pior, com o carro batendo, em um acidente fatal para a sua mulher. Agora o homem foi considerado culpado pela #Justiça da Flórida, Estados Unidos da América, e pegou uma sentença de cinco anos de cadeia.

O #Casal tinha dois filhos, quando o acidente mudou suas vidas, um deles que havia nascido há pouco tempo. Matthew e Amanda estavam mesmo saindo pela primeira vez, desde que ela tinha dado à luz o seu segundo filho.

Publicidade
Publicidade

Com um pouco mais de álcool e também maconha, o casal acabou passando os limites.

No momento do acidente, Matthew estava atrás do volante tendo relações sexuais com a esposa Amanda, de 31 anos. O homem acabou dirigindo por uma estrada sem saída na Flórida, com o carro caindo em um morro, em um acidente muito violento. Amanda ficou encarcerada no carro e teria sofrido morte imediata.

Quando foi retirada do carro, seu corpo foi descoberto nu da cintura para baixo, o que deixou poucas dúvidas para o que havia acontecido, instantes antes do acidente fatal.

Matthew sobreviveu, mas ficou com a culpa na morte da amada. Em tribunal, ficou provado que ele esteve bebendo e fumando maconha antes do acidente, pelos exames feitos. Foi também demonstrado como o carro seguia bem acima do limite de velocidade permitido no local.

Publicidade

A juiza do caso considerou esse como um dos "atos mais absurdos e trágicos" que ela já havia encontrado, em tribunal. Por essa razão, ela acabou sentenciando esse pai de duas crianças a cinco anos de cadeia, o que de alguma forma está sensibilizando as pessoas nas redes sociais. Depois da tragédia ter acontecido, muitos não entendem como essas crianças ficaram sem mãe e também sem pai, durante os cinco anos.

"Inacreditável que ele foi preso", escreveu Mable Sharkfin. Um outro usuário, Brikz também comentou, mas com opinião diferente: "O #sexo é para desfrutar, mas com grande respeito, eu acho que ele deve ser preso. Eu só sinto para as crianças de terem pais estúpidosm que poderiam ter sexo em qualquer lugar que eles gostassem, nem que fosse no jardim".

E o leitor, o que pensa desse caso? Acha justa essa condenação? Deixe seu comentário!