Um vídeo de arrepiar mostra que em terreiro forte gente ingrata não se cria.

Esse Pai de Santo que aparece falando quis dar esse aviso meigo e sutil para uma menina que ele diz ser duas caras. Pelo visto, a garotinha foi lá no terreiro, se fez de amiga, disse que tava precisando de apoio, usou e abusou da boa vontade dos santos e depois que se aproveitou da boa fé do povo da umbanda e do candomblé virou as costas e partiu.

A menina é a Évelin, que depois de ver esse vídeo deve ter tido que trocar as calças.

Olha só como o ex amigo começa a conversa.

“Oi Évelin. Boa noite, lembra de mim?

Eu me lembro de ti! E me lembro muito bem”.

Publicidade
Publicidade

Só aí o coração deve ter começado a bater forte e aquela gota de suor frio já se criou na testa da menina. O pai de santo segue o recadinho:

“Me diz uma coisa, Évelin.

Tu achou que ia tomar o meu tempo, o tempo da Daiane, o tempo dos ancestrais e depois de forma ingrata tu ia nos excluir, como se a gente nunca tivesse te estendido a mão quando tu precisou e quando tu quis?”.

Pronto, agora a garota já viu que o babado é forte. O cara tá magoado. Segurando a foto ampliada dela, no meio de um monte de velas e pimenta. Ave Maria, ‘crendeuspai’ três vezes! A essa altura Évelin já sabe. Tem trabalho por aí. Como quebrar a demanda? Essa é a questão!

Com aquela mágoa no coração, o ex colega de tambor prossegue muito frio e calmo. Enquanto fala, queima a foto da menina. Não isso não bom sinal!

“Minha linda, eu não vou te fazer nada, Eu simplesmente vou te jogar no fosso dos ancestrais e são eles que vão decidir o teu destino”.

Publicidade

Fosso dos ancestrais? O que vem a ser isso?

“Tu nos trocou pela droga, tu nos trocou pela maconha, pois agora a droga vai ser a tua ruína. Tu tá na mão deles e jogada à própria sorte”, finaliza.

Pronto. O vídeo chega ao fim. O que será de Évelin?

Não sabemos. Mas sabemos que até os batedores de tambor são contra as drogas. Eles sabem que elas desviam qualquer um para caminhos tortuosos e de finais tristes.

A gente só espera que os ancestrais citados pelo pai de santo entendam que se a Évelin está se afastando das pessoas por causa da droga, ela não precisa de mais gente atravancando a sua vida e nem a afundando ainda mais no fosso, não. O que ela precisa mesmo é de ajuda médica para se livrar desse vício desgraçado. Esse, sim, não é de Deus e não deixa ninguém ir pra frente.

Que a garota encontre o caminho da luz. Que alguém jogue a cordinha para ela conseguir sair lá do fosso. Com a bênção de todos os orixás. #ForçaEvelin