No fim da tarde deste último domingo (16), a transmissão ao vivo de um assassinato através das redes sociais assustou os internautas. Um americano, identificado como Steve Stephens, de 37 anos, filmou o momento em que disparou contra um idoso no meio a rua, em Cleveland, nos Estados Unidos. As filmagens duraram pouco mais de um minuto e mostram a crueldade com que #Crime aconteceu. O suspeito aparece nas cenas de camisa listrada azul e preta, dirigindo um veículo quando de repente para o carro e escolhe aleatoriamente a vítima. Durante o vídeo é possível ver que ele está desorientado e fora de si, e diz em determinado instante quando vê o aposentado que iria matar o homem naquele momento.

Publicidade
Publicidade

As cenas são impressionantes devido ao sangue frio durante a abordagem e a forma como ele aponta a arma e dispara. A vítima foi identificada pela polícia como Robert Godwin, de 74 anos, e infelizmente estava passando pelo caminho do criminoso. De acordo com os investigadores, não se tratou de um crime pessoal, e ao que parece Stephens não conhecia o idoso que foi escolhido de maneira aleatória para ser morto. O que se pode ver são cenas de horror, o suspeito desce do veículo, aborda de maneira rápida o idoso, que praticamente não reage. Segundos depois o criminoso aponta a arma para a cabeça do homem e dispara sem piedade. Logo após o assassinato, Stephens volta para o veículo que estava dirigindo como se nada tivesse acontecido e arranca o carro. Nesse momento as gravações param, e não se pode ver em qual direção ele seguiu.

Publicidade

Toda a gravação foi transmitida ao vivo pelo Facebook, e assustou os internautas, que denunciaram imediatamente o crime. Veja as imagens impressionantes e terríveis no link a seguir:

Imediatamente após as denúncias, a página na rede social tirou o vídeo do ar, e a polícia foi chamada ao possível local do assassinato, para prestar socorro à vítima. Ainda durante as gravações o criminoso disse que esse não seria o primeiro crime que ele estava cometendo, ao todo ele teria assassinado treze vítimas. Ainda falou que esse também não seria a última morte que realizaria. Ele relatou que estava ávido para matar e que sairia à caça de novas vítimas. Stephens conseguiu fugir no veículo, já identificado pelos investigadores como um modelo esportivo de cor clara, possivelmente branca ou creme. Ele vem sendo procurado pela polícia desde então, mas ainda não foi localizado. Segundo informações de testemunhas, ele seria alto, negro, e usava uma barba densa. A polícia emitiu um alerta para vários estados americanos, caso ele tente fugir para outras localidades. O Facebook se pronunciou e disse que transmissões como essa são inadmissíveis e devem ser denunciadas e que tem trabalhado para ajudar a polícia a conseguir pistas sobre o criminoso. #Investigação Criminal