Um rumor se espalhou na internet desde fevereiro deste ano, alegando que jogos chamados de Blue Whale (em português, "Baleia Azul"), na rede social russa VKontakte (mais conhecida como VK), foram responsáveis pelo suicídio de centenas de jovens. Apesar de o debate ganhar notoriedade em noticiários de língua inglesa apenas recentemente, reportagens sobre o tema foram publicas por jornais russos em maio de 2016.

Esses jogos consistem de listas de desafios a serem cumpridos pelos participantes dos grupos, como assistir a filmes de terror por horas seguidas, realizar vigílias ou acordar em determinados horários durante a madrugada e até mesmo cortar a própria pele, inscrevendo símbolos ou desenhos - dentre eles, o de uma baleia -, promovendo uma espécie de lavagem cerebral.

Publicidade
Publicidade

A 50ª etapa do jogo seria, então, o #Suicídio.

A referência à baleia azul, supostamente, tem relação com o fato de como baleias às vezes promovem seu próprio encalhamento em praias, por razões ainda desconhecidas, como se estivessem, elas mesmas, cometendo suicídio.

Autoridades iniciaram sua investigação das #Redes Sociais após duas adolescentes, Yuilia Konstantinova, de apenas 15 anos - que chegou a postar a foto de uma baleia em seu Instagram com a legenda "End" horas antes de se matar - e Veronika Volkova, de 16, atirarem-se de um prédio de 14 andares em Ust-Ilimsk, Sibéria. Em São Petersburgo, foi aberto um inquérito criminal voltado para a apuração de grupos online que visam a promover o suicídio, levando à prisão de Philip Budeikin, de 21 anos, acusado de ser líder de um desses círculos.

Publicidade

Em Krasnoyarsk, estão abertos três casos de incitação ao suicídio envolvendo estudantes de uma escola local que se comunicavam pelas mídias sociais.

Na verdade, grupos e fóruns dedicados ao suicídio existem desde a popularização da internet, tornando-se um refúgio para jovens deprimidos e excluídos que procuram por outros como eles. Por um lado, a existência de inúmeros grupos dedicados ao tema, de fato, reforçar um desejo ou uma tendência de pessoas que pensam em tirar suas próprias vidas, podendo ser fatal em casos de maior vulnerabilidade.

Por outro lado, é necessário ter em mente também que, se o indivíduo busca fazer parte desses grupos, é porque muito provavelmente já tem um perfil suicida, independentemente de ele ser intensificado ou não pelas interações na internet. Trata-se de um assunto extremamente complexo, principalmente quando envolve jovens.

A Rússia é o terceiro país com maior índice de suicídio entre adolescentes no mundo: em média, 22 a cada 100 mil jovens tiram a própria vida por ano, o que corresponde ao triplo da média global.