Um jovem milionário de 26 anos que tentou matar a madrasta à facada em Cascais, em #portugal, está sendo notícia nesta quarta-feira (26) não apenas pela sua tentativa de crime, mas por ter sido descoberto que avisou a sua irmã de que ia cometer o #Crime através de uma mensagem de celular. A mensagem foi encontrada pelos policiais que foram chamados ao local do crime e que encontraram um cenário sangrento e macabro.

O jornal português “Correio da Manhã” está acompanhando o caso e revela que Bernardo da Costa Gomes, um jovem milionário de 26 anos, planejou matar a madrasta Alena Kralko, com quem mantinha uma relação problemática.

Publicidade
Publicidade

O homem teria aproveitado a ausência do seu pai para atacar Alena, uma mulher de 37 anos.

A vítima foi encontrada pelos agentes da Polícia de Segurança Pública esfaqueada nos braços, nas costas e até no pescoço, além disso estava com uma corda presa ao pescoço. Quando a polícia chegou ao local, na Quinta da Bicuda, em Cascais, perceberam que Bernardo da Costa Gomes se preparava para fugir através de uma das janelas da casa.

No entanto, conseguiram prendê-lo e ao investigarem o seu celular, descobriram que o jovem tinha avisado a sua irmã de que iria cometer o crime. Segundo apurou o “Correio da Manhã”, Bernardo sofre de uma doença psicológica. Ele é bipolar e mantinha uma relação conflituosa com Alena.

As razões para esse conflito não são ainda conhecidas, mas tudo indica que se devem ao relacionamento da mulher com o pai do jovem milionário.

Publicidade

A vítima foi transportada para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e está fora de perigo, permanecendo internada para ser recuperar das lesões graves que sofreu. Alena Kralko já conseguiu falar com os inspetores da Polícia Judiciária que vão agora investigar o caso.

Quanto a Bernardo da Costa Gomes, o milionário autor do crime já foi apresentado a um juiz de instrução criminal do Tribunal de Cascais, que lhe decretou prisão preventiva. Ele ficará detido no estabelecimento prisional de Caxias à espera do julgamento.

O pai de Bernardo é um conhecido empresário da área da restauração. O autor do crime tem mestrado em Gestão Hoteleira e trabalhou como supervisor no hotel Marriot em Lisboa.

Bastante ativo nas redes sociais

Bernardo da Costa Gomes é uma pessoa bastante ativa nas redes sociais. Ele possui um perfil no Linkedin, mas é no Facebook que participa mais ativamente. Nessa rede social tem várias fotos suas com familiares e não esconde a sua preferência no futebol.

Ele é torcedor do time no Benfica e, juntamente com o seu pai, apoiou Luís Filipe Vieira nas últimas eleições para a presidência do clube, que é o maior time do país.

#BernardodaCostaGomes