Gessica Notaro Soutien, de 27 anos, é uma modelo italiana que ficou conhecida no mundo inteiro por ter sido agredida pelo seu companheiro. A história dela ficou conhecida em todo o planeta e ganhou um novo episódio nessa semana, como mostra uma reportagem publicada pelo site do jornal Extra. Gessica esteve no programa 'Constanzo Show', onde contou o seu drama. Na atração apresentada pelo jornalista Maurizio Constanzo, ela contou como foi ir de uma grande beleza para um rosto completamente desfigurado. Gessica foi finalista do concurso Miss Itália, mas após o ataque do então companheiro ficou com o rosto bastante inchado.

Após o processo operatório, a miss precisou ficar em um hospital, onde teve que reparar o seu rosto.

Publicidade
Publicidade

Ao todo, ela ficou dois meses sem nenhum contato com a sociedade. A profissional das passarelas ficou queimada com ácido e deve demorar pelo menos um ano para que todo o processo cirúrgico passe. Além da espera enorme para conseguir se olhar de novo no espelho, a modelo está gastando muito dinheiro com todo o seu tratamento. O jornal Extra repercutiu informações do britânico 'Daily Mail'. O site da terra da Rainha Elizabeth identificou o nome do agressor, Edson Tavares. Os dois se conheceram em um ambiente perfeito e romântico. Eles trabalham em um aquário para golfinhos, reduto de muitos golfinhos.

O homem enciumado começou a perseguir a modelo, que teve constantes ameaças. Edson ainda teria fingido que iria se matar, após ela terminar o namoro. O inferno astral da modelo começou em agosto no ano passado.

Publicidade

Antes do ato bárbaro contra ela, Gessica afirma que Edson nunca a perseguiu. Pelo contrário. O homem apenas se mostrava um companheiro exemplar.

"Eu quero que vocês vejam o que ele me fez. Isso não é amor", garantiu a mulher na entrevista que teve muita repercussão na Europa. A modelo ainda contou como foi o dia em que foi atacada por Edson. A mulher que hoje está desfigurada informou que estava em seu veículo, quando ao olhar para fora, viu que seu companheiro vinha de longe. Ele deu um golpe com uma garrafa de ácido em seu rosto. O agressor acabou preso preventivamente, mas nega que tenha feito qualquer coisa. Mesmo assim, ele aguarda o julgamento.

Veja abaixo uma foto que mostra como a modelo ficou após ter sido atingida pelo ácido. A imagem pode ser considerada forte para algumas pessoas. Por isso, deixamos o alerta.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade. #É Manchete!