É algo difícil de acreditar, mas uma jovem da Inglaterra nasceu com algo mais que as outras mulheres. Isso mesmo! Ela nasceu com #duas vaginas, e, acreditem, ela não é a única. Nicci fala de todas as dificuldades que teve que passar com essa rara condição genética. Ela conta que sofreu muitos abortos espontâneos e que seus #períodos menstruais eram bastantes prolongados. Sua história chamou tanta atenção que vai ser exibida como um documentário da BBC3.

Publicidade

O documentário de Nicci vai ser exibido na rede britânica no final de abril. Ela revelou na produção do programa como o sexo a fez se sentir diferente. "Eu me sentia uma aberração da natureza", relata a jovem. Tudo porque, após as relações, seus companheiros ficavam se gabando e espalhavam comentários machistas dizendo que tinham #feito sexo com uma que tinha duas vaginas.

Publicidade

Todas as informações são do "Dailly Mail", um famoso jornal britânico.

Ela começou a desconfiar que seu corpo não era normal quando tinha 17 anos. "Percebi que tinha algo errado já na adolescência. Eu sentia dores insuportáveis e sangrava muito mais do que deveria no meu período menstrual. Foi quando meu médico disse que eu tinha nascido com dois úteros, dois colos e duas vaginas", conta a jovem britânica.

Em alguns momentos, ela teve que usar fraldas descartáveis porque os absorventes não conseguiam controlar o sangramento da menstruação. Seu médico passou-lhe um tratamento hormonal, mas não deu resultados e piorou sua situação. Os hormônios fizeram com que sua menstruação durasse de três há quatros semanas.

E Nicci não é a única com essa condição rara, existem outras mulheres que também sofrem com esse mesmo problema. Como o caso de Claire Wright, de 34, que foi notícia em todo o mundo, Claire passou toda sua vida sentindo dores fortes no estômago sem saber o porquê das dores.

Publicidade

Só após 26 anos um médico descobriu o que realmente ela tinha.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cada três mil mulheres nascidas no mundo, uma é afetada por essa rara condição, podendo acontecer quando a criança não desenvolve o útero corretamente. Portanto, pode acontecer sim de uma mulher nascer com dois úteros ou até mesmo duas vaginas. Veja algumas imagens no vídeo abaixo.