Casos de #Violência sexual sempre são noticiados pela imprensa. Contudo, recentemente, aconteceu uma situação de estupro diferente das que costumam ser relatadas pelos jornais. Uma mulher assaltou um taxista com uma faca e em seguida o obrigou a transar com ela dentro carro. O #Crime aconteceu na cidade de Findlay, Ohio, localizado nos Estados Unidos. No momento do abuso sexual, Brittany Carter, de 23 anos, estava acompanhada de outros dois comparsas.

Publicidade

As informações foram divulgadas pelo portal de notícias R7.

Publicidade

Tudo começou quando Brittan chamou um taxi, pela empresa Trinity Express Cab Service, para ir até o hotel TownPlace, no qual ela estava hospedada. Assim que o taxi chegou ao local, a mulher e dois homens entraram no carro. Eles anunciaram o assalto, obrigando o taxista a parar numa rua deserta do bairro. Logo depois, os acusados levaram a renda de R$ 300 do motorista. Em seguida, a mulher estuprou o homem com uma faca apontada para seu pescoço. Uma das pessoas que entrou no veículo foi identificada como Cory Jackson, de 20 anos.

Depois do crime cometido, os três acusados acabaram fugindo a pé do local. Deixando o motorista e o carro para trás.

Após sofrer as agressões, o taxista, de 29 anos, foi até uma delegacia relatar o que tinha acontecido com ele. A polícia emitiu um mandado de prisão para os criminosos, e a americana acabou sendo indiciada por estupro..

Publicidade

Brittany e Cory acabaram sendo presos. A jovem só sairá da prisão se pagar uma fiança de R$ 200 mil. De acordo com a polícia, Cory teria estimulado Brittany e ameaçado o taxista durante o ato sexual. Contudo, ele não teria participado do estupro. De acordo com o portal de notícias R7, o terceiro acusado ainda está foragido, pois a polícia não conseguiu identifica-lo.

Segundo as autoridades locais, essa não é a primeira vez que Brittany é presa. Ela já foi para a cadeia duas vezes, em 2016, por trafico de heroína. Já Cory, além de ter sido detido por roubo, também responde por acusação de assassinato.

O caso aconteceu na madrugada de 28 janeiro deste ano, mas só foi divulgado pela polícia esta semana. Nos Estados Unidos, o fato inusitado acabou gerando grande repercussão nos veículos de comunicação.

Conheça outro caso semelhante

Um outro caso parecido com o de Brittany aconteceu, recentemente, nos Estados Unidos. Uma adolescente, de 17 anos, foi presa após obrigar um rapaz de 19 anos a fazer sexo com ela. A jovem também ameaçou o rapaz com uma faca para conseguir cometer os abusos sexuais. #EUA