Nesta quinta-feira, 27, o portal de notícias da RedeTV! publicou uma matéria que mostra o que aconteceu com um filipino, que após beber demais acabou dormindo na casa de um amigo. Aparentemente, os dois não teriam um caso, mas sua mulher, mesmo assim ficou enciumada. De acordo com informações relatadas, o homem de 33 anos teria o nome de Mark Betitta. A esposa dele, um ano mais nova, de nome Liezel, irritada com a situação, acabou cortando o pênis dele.

O #Crime horrendo aconteceu em Iloilo, nas Filipinas. De acordo com o que foi manifestado no site, a ação teria ocorrido no último sábado, 22. A imprensa local dá detalhes de como tudo ocorreria.

Publicidade
Publicidade

De acordo com jornalistas da região, após um dia árduo de trabalho, Mark e seu amigo saíram para beber e ficaram a noite inteira juntos. Ele acabou dormindo na residência do amigo. Ao chegar ao local, a esposa encontrou o homem dormindo e fez de tudo para acordá-lo. No entanto, o filipino estava a fim de ficar ali mesmo e não voltar para casa. Irritadíssima, Liezel tomou uma atitude e, usando o jargão popular, "cortou o mal pela raiz", tirando o órgão sexual dele. Após realizar a ação, a mulher saiu em fuga. Com um detalhe, para realizar o corte, ela utilizou uma tesoura.

A sorte do homem é que ele tinha amigos menos cruéis que sua esposa e acabou sendo socorrido por eles, que o levaram para o Jesus M. Colmenares Memorial Hospital, em Balasan. No entanto, o estado de seu órgão genital era problemático e foi necessário fazer uma transferência.

Publicidade

Já no novo hospital, ele passou por um novo procedimento cirúrgico e precisou reimplantar o seu pênis, mas com um grave problema. A cirurgia de reimplante não deu certo e falhou, já que o nervo principal do órgão genital do filipino tinha sido afetado pelo corte de sua esposa.

Apesar de sair correndo, a mulher acabou sendo capturada e foi presa. Em depoimento, ela surpreendeu e revelou que não tinha qualquer arrependimento em mutilar o companheiro. O casal tem um filho de dois anos e, segundo sua esposa, ele era "mulherengo". "Não me arrependo de ter cortado o pênis dele. É a punição por ele ser mulherengo", afirmou ela, que agora pode passar anos atrás das grades.