Xingamentos, socos, puxões de cabelo, unhadas, gritaria e até mesmo facadas marcaram o cenário de uma briga entre duas mulheres, no último domingo (9).

Conforme depoimento da polícia à imprensa local, a selvageria teve início após a disputa por uma vaga em um estacionamento no Rouge Park, em Detroit (EUA).

Gravado por testemunhas oculares, o tumulto foi assistido por várias pessoas, que incitaram a violência entre as jovens de 21 e 30 anos.

No vídeo, a mulher de roupa preta e nádegas à mostra, 30, apareceu montada na rival, conhecida como Shadivia Keuslatyke Phillips, 21, de blusa branca e calça preta.

No decorrer da gravação, pessoas próximas a elas – provavelmente amigos - aplaudiam e incentivavam a brutalidade entre as norte-americanas.

Publicidade
Publicidade

Contudo, em determinado momento, a garota mais nova desferiu golpes de faca na rival. Assustados, o pessoal que antes instigava a colérica atitude das mulheres, acabou separando as duas para socorrer a vítima.

Ainda indignada, a jovem de vestimenta preta, que sofreu perfurações de faca, apareceu na frente da câmera com marcas de sangue na região peitoral. Ela tentou permanecer em pé, mas foi ao chão segundos depois.

Autoridades ressaltaram que a mulher foi encaminhada a um hospital e seu estado de saúde é estável (veja foto, vídeo final da matéria).

Contudo, Shadivia Keuslatyke Phillips, que desferiu os golpes, recebeu várias acusações criminais, entre elas tentativa de assassinato, agressão com a intenção de fazer grandes danos corporais e agressão criminosa.

Publicidade

Porém, boatos sobre a garota esfaqueada ter morrido no hospital, foi desmentido por um familiar.

“Na verdade, ela não está morta, ela é minha prima e ela ainda bateu o rabo [da outra] enquanto ela foi esfaqueada”, disse Mccoy Megan, no Youtube.

Outro usuário, For Real, demonstrou espanto pela falta de iniciativa por parte dos indivíduos presentes na cena, que nada fizeram para interromper a briga.

“Ela poderia estar morta. Veja o que acontece no final, quando as pessoas lutam no parque. Espero que ela encontre uma multidão melhor de pessoas para [passear] ao redor, porque as pessoas em pé só ajudaram depois que ela foi esfaqueada”, opinou.

Todavia, a internauta Arielle Upshaw, pôs “fogo na lenha” ao dizer que todos ficaram contentes pela mulher ter sido esfaqueada devido ao comportamento intempestivo dela.

“As pessoas de Mccoy Megan não estão dizendo que estão contentes por ela ter sido esfaqueada porque são desumanas, as pessoas estão contentes por ela ter sido esfaqueada porque ela estava envolvida em um comportamento suposto que a [levou a ser apunhalada]”, admitiu.

#Curiosidades #Crime #EUA