O Telegraph, jornal de Londres, anunciou ontem (11) que Roberta Maasdorp, mãe de 3 filhos, foi considerada inocente na acusação de colocar uma diversidade de drogas no chilli com carne do marido, após ele ter dito que iria pedir o divórcio.

Entretanto, o júri de Croydon Crown Court, no Reino Unido, levou menos de 40 minutos para inocentar Roberta de ter administrado a droga com intenção de envenenamento.

As alegações do ocorrido aconteceram em 11 de agosto de 2015, quando o marido de Roberta, Peter, deu entrada no hospital Princess Royal University, em Orpington (cidade do Reino Unido), às 10h da manhã.

Maasdorp disse: “Quando eu coloquei a comida na boca, havia um gosto muito forte de química na comida, era a carne que aquela noite havia sido preparada por Roberta.

Publicidade
Publicidade

Tinha um gosto muito ácido, muito químico”.

A polícia interrogou Roberto do porquê das alegações de envenenamento acontecerem apenas um dia depois de ele ter sido acusado pela esposa de #agressão e ter que comparecer à delegacia para prestar contas. Segundo ele, não houve violência, uma vez que ele passou o dia todo em um curso de treinamento.

John Evison, promotor, falou que ao júri que Roberta afirmou à polícia que seu marido colocou propositalmente as drogas na comida para poder incriminá-la.

“Ela afirma que fez a comida e trouxe os ingredientes para vermos, mas nega veementemente ter colocado drogas na comida”, disse o promotor.

Durante o julgamento, o advogado dela acusou Massdorp de colocar uma pequena quantidade de medicação em sua comida para fazer a falsa alegação contra a esposa.

Publicidade

O motivo

Roberta alegou que seu marido estava zangado por ela ter denunciado a #Violência contra ela, na delegacia, um dia antes do suposto envenenamento.

“Ele tinha um motivo – vingança – por ter que se apresentar na delegacia de polícia”, disse Barry, e “e ele tinha acesso ao medicamento da mulher”.

Roberta disse à polícia que não confiava no marido dela no dia em que prestou queixa por agressão e temia pela sua segurança.

“Eu saí de casa por alguns dias porque eu estava com muito medo e me sentindo ameaçada”, ela disse.

Sentença

O juiz recusou-se a dar qualquer sentença contra Roberta Maasdorp, a menos que lhe fossem apresentadas mais evidências de que ela havia cometido o envenenamento por drogas.

Atualmente, ela mudou-se para Forest Hill e o marido tem a custódia dos 2 filhos menores.

Roberta foi inocentada da acusação de administrar drogas com objetivo de envenenamento. #Crime