Essa semana, um vídeo divulgado nas redes sociais que mostra o momento em que uma passageira se descontrola com um motorista de Uber, viralizou na internet. Pelas imagens é possível ver o instante em que a mulher começa a gritar com o homem que tenta manter a calma na situação inusitada. O caso aconteceu no bairro do Bronx, em Nova York, nos Estados Unidos, e acabou tendo uma repercussão grande depois que as cenas foram parar na rede. Isso porque a mulher teria acusado o motorista de ter abusado sexualmente dela, o que na verdade de fato não aconteceu.

Ela aparece nas imagens gritando que acusaria falsamente o homem de tê-la agredido e estuprado caso ele não fizesse o que ela estava pedindo.

Publicidade
Publicidade

O mais estranho é que a confusão teria começado por um motivo extremamente banal. A passageira precisava carregar o seu celular e pediu o motorista um carregador emprestado, no entanto ele não possuía o carregador compatível dentro do veículo e portanto não poderia oferecer tal serviço a passageira.

A mulher simplesmente ficou furiosa com a resposta dada pelo homem e começou a realizar um verdadeiro escândalo, com acusações sérias e muito graves contra ele. O motorista que aparece no vídeo com uma camisa vermelha e usando barba, teve então a ideia de filmar toda a gritaria da mulher para poder comprovar que era inocente caso realmente fizesse uma dessas acusações infundadas. Já a passageira vestindo um moletom aparece falando muito alto e insistindo que se o mesmo não tivesse o carregador, ela iria chamar a polícia e acusá-lo de violência sexual.

Publicidade

O motorista pediu que ela saísse do carro inúmeras vezes, sem sucesso. Procurando manter a calma ele argumentou com ela, e pediu que se tranqüilizasse para que ele pudesse levá-la ao destino solicitado. Em determinado momento a passageira percebeu que estava sendo filmada e ficou ainda mais enfurecida, os dois começaram a se ameaçar mutuamente dizendo que chamariam a polícia. Até que depois de muita gritaria e confusão a mulher decidiu descer do carro.

Diante das gravações, a empresa Uber para a qual homem trabalha, o parabenizou por ter conseguido manter a calma. Além disso, foram disponibilizados a ele inúmeros carregadores, de todas as marcas disponíveis no mercado, para que possa oferecer esse serviço a seus clientes sem ter que passar pelo tumulto como o que viveu recentemente. Segundo informações cedidas pelo próprio motorista ele ainda recebeu uma quantia em dinheiro da empresa por ter se comportado de maneira adequada diante de uma situação tão delicada e inesperada como essa.

#Crime #Casos de polícia