A maioria dos homens consideram as mulheres fatais, mas não tanto dessa forma, como acontece no México, em que quadrilhas de mulheres matam traficantes em todo o país. Elas são conhecidas pelo seu charme em atrair bandidos para o seu dia de morte, sendo brutais em assassinatos que mais parecem com roteiros de filmes de terror, com direito a muito sangue e requintes de crueldade.

Não se deixe enganar pela beleza dessas mulheres, elas são capazes de matar muitos homens em uma noite só. Isso porque elas infiltraram no mundo do tráfico de drogas no México, onde muitas delas trabalham matando pessoas para rivais do #Crime no país latino.

Publicidade
Publicidade

A criminalidade no México é muito mais descontrolada que no Brasil, e por lá pessoas exibem fotos de fuzis e metralhadoras nas redes sociais com muito mais frequência que os brasileiros. E quem exibe essas fotos são elas, ‘As Meninas Magras’, como são conhecidas por todos que temem acabar suas vidas nas mãos dessas mulheres impiedosas.

Uma dessas mulheres é La Gladys, que pertence ao cartel conhecido como Zetas. Essa mulher matou um assassino muito conhecido no país em 2015, chamado Joselyn Niño, que pertencia a um grupo rival ao da jovem, o cartel do Golfo.

Elas são mais duras que muitos homens por aí e os requintes de crueldade que elas utilizam chegam a dar medo em qualquer um, onde até necrofilia já foi praticado por uma delas. Outra famosa integrante do Meninas Magras, La Peque, já afirmou em seu perfil nas redes sociais que transou com um cadáver de um de seus rivais abatido por ela, sem cabeça e com o corpo ainda quente.

Publicidade

La Peque ainda disse que teve coragem de beber o sangue de seu inimigo, logo após cortar a cabeça dele e fazer sexo com o corpo do homem que ainda pulsava sangue.

A vida criminosa de La Peque não acabou bem, e depois de matar muitos homens no México, a jovem acabou presa na Califórnia, nos Estados Unidos. La Gladys, que matou Niño, esquartejou o corpo de seu rival e colocou dentro de um refrigerador, mostrando que essas mulheres são mais cruéis que qualquer outro grupo de homem por aí.