Situações inusitadas costumam acontecer diariamente no Brasil e no resto do mundo. Elas vão de coisas simples a coisas incrivelmente malucas, quase impossíveis de acreditar. Uma das últimas aconteceu em um restaurante de luxo conhecido como Omeros Bros Seafood Restaurant, que fica localizado na cidade de Gold Coast, na Austrália. Um cantor de rap australiano pouco conhecido no mundo da música, #Terry Peck, de 33 anos de idade, foi ao local e pediu que o servissem os pratos mais caros do restaurante como se tivesse dinheiro para pagar. Ele pediu várias lagostas, polvos, coquetéis e vodkas e outros ítens caros, gastando um valor aproximado de R$ 1.400,00.

Publicidade
Publicidade

O grande problema para o dono do restaurante foi que Peck não havia levado nenhum dinheiro para pagar sua conta ou teria achado o valor muito alto e não quis pagar. Quando terminou de comer e recebeu a conta, Terry saiu correndo do lugar indo em direção a uma praia próxima e entrou rapidamente ainda vestido na água simplesmente para não precisar quitar a dívida com o restaurante.

Segundo os policiais que foram chamados ao local para a ocorrência, o rapaz estava bêbado e corria risco de morrer dentro da água, então mandaram salva-vidas e veículos aquáticos para salvá-lo de um afogamento. Quando Terry foi encontrado, tentou resistir à prisão, acabou agredindo um dos policiais e vai responder a um processo por roubo e por agressão. Ele alegou descaradamente para a polícia que só teria feito o que fez porque teria visto uma mulher grávida, que ela estaria dando à luz ao bebê na praia e que os policiais o teriam pego antes que ele conseguisse chegar até a moça.

Publicidade

Como se não fosse o bastante, reclamou da comida dizendo que as lagostas que ele havia comido no restaurante estavam mal cozidas e que eram muito caras. E prosseguiu dizendo que era o próprio restaurante que deveria se desculpar com ele pelas lagostas. Obviamente, as autoridades não acreditaram em sua história e o levaram para a delegacia para ficar detido. Depois de toda a confusão, Terry Peck ficou proibido de ir ao local novamente. O homem pagou fiança no mesmo dia e está respondendo aos crimes em liberdade, mas seu caso ainda irá aos tribunais. Halley Robertson, o advogado que o representou, falou que o rapper tem um sério problema com bebidas alcoólicas e que ele precisava parar. em rebate às críticas feitas a comida, o dono do restaurante alegou que sua comida era muito boa e que se orgulhava de sua lagosta. #rapper