Infelizmente, casos de estupro ocorrem todos os dias no Brasil e no mundo. No entanto, em cada cultura, o abuso sexual/estupro pode ser visto de uma maneira diferente. Um caso que aconteceu na cidade de Lahore, no Paquistão, por exemplo, está dando o que falar. Isso porque um adolescente, de apenas quinze anos, muito apaixonado por uma garota, acabou fazendo sexo com ela. Ambos eram menores de idade, mas, mesmo assim, o pai acusa o menino de "estuprar" a menina, já que ele não permitiu conceder o corpo da menina para o jovem. Irritado, esse pai cortou o pênis do adolescente.

Confusão sobre o motivo de crime: estupro ou apenas sexo antes do casamento?

O pai irritado deixou claro que apenas fez isso porque pensava que o rapaz estava dormindo com sua filha.

Publicidade
Publicidade

A informação também foi confirmada pela família da vítima, como mostram diversos sites da mídia internacional. O adolescente foi levado às pressas para o hospital de Jinnah, onde o suposto abuso aconteceu, na cidade de Lahore. A família, pelo menos, respira aliviada, já que os médicos foram capazes de salvar a vida do menino apaixonado. No entanto, o rapaz nunca irá esquecer do que aconteceu, já que ele acabou ficando cego devido ao horrível ataque. O incidente veio à luz na terça-feira depois que a família do garoto alegou que a família da menina era responsável e exigiu ação contra eles.

A família do menino se queixou à polícia em Lahore e, a partir daí, começou uma investigação para entender o que teria ocorrido. O pai da menina foi alegadamente enfurecido atrás da vítima depois de descobrir sobre o relacionamento dos adolescentes.

Publicidade

Já o pai do jovem rapaz reivindicou que o tutor da garota e três de seus amigos raptaram seu filho e o atacaram - porque o paizinho da menina pensou que o par estava tendo um caso sexual. Ele afirmou à polícia: "O pai da menina e seus cúmplices sequestraram nosso filho de sua escola e o levaram para um lugar deserto perto do rio Ravi".

"Eles brutalmente cortaram seu órgão sexual e furaram o seus olhos em vingança, e depois fugiram", disse o pai do jovem atingido, como mostram reportagens de tabloides internacionais. O adolescente foi encontrado sangrando muito por um transeunte, que o levou ao hospital. O incidente está sendo investigado pela polícia de Lahore, que prendeu todos os acusados ​​no caso. O oficial de polícia Haider Ashraf disse que o caso vai ser apurado, mas que não dá para tirar qualquer conclusão precipitada: "Vamos apresentar o relatório do caso depois de concluir". #Crime