O #Acidente aconteceu na última sexta-feira (21), mas só hoje foram divulgadas as imagens. O #Barco "Ferry" colidiu com uma mureta de proteção do porto das Ilhas Canárias. De acordo com a empresa Naviera Armas, a embarcação ficou sem eletricidade e os comandantes acabaram perdendo o controle.

O #Vídeo foi flagrado por um homem que estava em terra. Veja o momento da batida:

No vídeo é possível ver o desespero das pessoas em sair da embarcação, devido a constatação de derramamento de combustível. Cerca de 13 passageiros ficaram feridos. Houve muita gritaria e pessoas estavam nervosas com os comandantes.

O barco conseguiu ancorar depois e os passageiros foram encaminhados aos hotéis da região.

Publicidade
Publicidade

Colisão com pedra

Em fevereiro deste ano, outro acidente aconteceu na cidade de Itanhém, litoral de São Paulo. Um barco de pesca bateu de frente com uma pedra, causando a morte de uma pessoa. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, no barco tinha oito tripulantes e todos foram arremessados ao mar.

Dos oito tripulantes, sete eram pescadores e o outro era o piloto da embarcação. De acordo com as informações, o piloto não percebeu a pedra na frente. O impacto foi muito forte. A tragédia só não foi pior porque eles foram ajudados por uma outra embarcação que estava próximo ao local do acidente.

A Capitania dos Portos informou que uma investigação está sendo realizada para saber qual o motivo da causa do acidente. A conclusão pode durar mais alguns dias.

O Corpo de Bombeiros relatou que a embarcação estava indo em direção ao mar e se chocou com a pedra.

Publicidade

Um homem de 54 anos se afogou, chegou a receber os primeiros atendimentos na areia e foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento da cidade (UPA). Porém, ele já deu entrada em estado de óbito.

Navio de apoio da Petrobrás

Um outro acidente, também ocorrido no mês de fevereiro de 2017, envolveu um navio de apoio da Petrobrás. A embarcação colidiu com a plataforma P-35, na Bacia de Campos. Segundo informações, foi uma batida pequena, sem vítimas e sem prejuízo para a empresa.

O fato aconteceu quando estava sendo fornecido água para a unidade. O navio ficou um pouco destruído e a estatal petrolífera iria providenciar as ações para os reparos.

O motivo do acidente ainda não está esclarecido. A empresa disse que investigações serão feitas e que tudo já foi informado aos órgãos competentes. Resta aguardar a apuração dos fatos e ver o que causou o acidente.