O jornal inglês “The Telegraph” informou esta quarta-feira (19) que a polícia daquele país emitiu um comunicado onde mostrou muita preocupação relativamente à onda de “caçadores de pedófilos”. Segundo as autoridades, vários grupos de justiceiros têm feito operações ilegais para tentar apanhar e castigar homens que seduzem menores na internet. A polícia está preocupada com esses casos, uma vez que já foram agredidas e humilhadas pessoas inocentes.

No último domingo de Páscoa, um homem foi atraído até um shopping center na cidade de Dartford. O homem era um suspeito de #Pedofilia e foi até aquele local depois de uma armadilha feita por um grupo chamado “The Hunted One”. O grupo de justiceiros, fez-se passar por uma adolescente de 14 anos e marcou um encontro com o homem.

Publicidade
Publicidade

Uma vez no shopping confrontaram o suspeito e agrediram-no enquanto transmitiam tudo, ao vivo, para a página de Facebook do “The Hunted One”. Entretanto o vídeo foi também colocado no Youtube.

Depois de ter conhecimento desse acontecimento, a Polícia de Kent decidiu agir e emitiu um comunicado onde apresentou muitas preocupações sobre esse tipo de operações que, segundo dados das autoridades, têm crescido muito na Inglaterra.

O chefe da Polícia de Kent, Thomas Richards, pediu para que as pessoas deixem de tentar fazer justiça pelas suas próprias mãos, uma vez que esse é um trabalho de investigação que deve ser feito por profissionais devidamente treinados. Em suas declarações, o chefe da polícia disse: “Estamos muito preocupados devido às pessoas que tentam fazer justiça com as suas próprias mãos e com os métodos que utilizam.

Publicidade

Em alguns casos estão agindo muito fora da lei. Avisamos que essas pessoas devem deixar de se envolver nesses assuntos e de planejar atividades de forma a apanhar os suspeitos de pedofilia”

Thomas Richards acrescentou ainda que, embora esse tipo de ações dos grupos de justiceiros pareçam ser bem intencionadas, elas podem também comprometer gravemente investigações que estão decorrendo, prejudicando assim meses de trabalho de investigação por parte dos profissionais da polícia.

Outro problema identificado pela polícia é a possibilidade de serem identificadas e agredidas pessoas que são inocentes. Algo que não pode acontecer em um Estado de Direito como é o do Reino Unido.

Entretanto, depois do comunicado das autoridades, o grupo “The Hunted One” já escreveu na sua página do Facebook que não vai mais transmitir ou publicar esse tipo de atividades na Internet. Não se sabendo para já se vão ou não parar de tentar caçar homens suspeitos de pedofilia.

O que você pensa sobre esse grupo de justiceiros? Acha que devem continuar as suas ações? Escreva a sua opinião nos comentários. #Abuso Sexual #Crime