No próximo dia 3 de maio vai fazer 10 anos que Madeleine McCann desapareceu do apartamento onde se encontrava de férias, em Portugal na Praia da Luz. Nessa noite, como é do conhecimento público, Gerry e Kate deixaram os seus filhos sozinhos e foram jantar com amigos. Quando voltaram deram com o #desaparecimento da filha mais velha. Essa semana, devido à proximidade do aniversário do desaparecimento da menina, o jornal britânico The Telegraph falou com Clarence Mitchell, o porta-voz do casal McCann que fez algumas revelações interessantes, como por exemplo o fato de Gerry e Kate, durante esses 10 anos, terem por duas vezes acreditado que a sua filha tinha sido encontrada.

Publicidade
Publicidade

Clarence Mitchell, o porta-voz do casal McCann, contou ao The Telegraph que esses últimos 10 anos foram de muito sofrimento para os seus clientes. Eles passaram por muitos momentos negativos, porém, por duas vezes, eles se deixaram levar por ilusões e falsas esperanças tendo mesmo acreditado, que iriam voltar a ver Madeleine.

Mitchell falou ao jornal inglês sobre telefonemas muito estranhos que começou recebendo depois de ter chegado a Portugal com o objetivo de apoiar e representar o casal. Ele disse que recebia chamadas estranhas durante a madrugada e que era sempre a mesma voz que falava, um homem que dizia repetidamente o nome de uma fazenda onde, alegava ele, #Maddie estaria escondida. Clarence Mitchell revelou essa pista aos investigadores que procuraram e encontraram um imóvel com aquele nome em Sevilha, em Espanha.

Publicidade

Nessa ocasião, Kate e Gerry acharam mesmo ter encontrado a sua menina, no entanto, quando chegaram à fazenda, as suas esperanças terminariam depois de perceberem que a pista era afinal falsa.

Clarence Mitchell falou também da segunda vez em que o casal pensou ter encontrado Maddie. Essa segunda ocasião, ainda em 2007, aconteceu quando os McCann regressaram à Inglaterra. A polícia descobriu uma menina parecida com Madeleine McCann, em Marrocos, vivendo na cordilheira do Atlas. Mitchell fala nessa pista como algo que parecia ser completamente fidedigno, tão sério que o governo inglês disponibilizou um avião para que eles pudessem viajar até ao norte do continente Africano, no entanto, também essa pista acabaria por se revelar falsa depois de uma investigação mais profunda.

Dez anos depois, Gerry e Kate McCann continuam esperançosos em encontrar Madeleine, no entanto, essa esperança é cada vez mais tênue, uma vez que, depois de tantos anos, o mais natural é que a criança não volte mais a aparecer.

O que você acha sobre essas revelações? Escreva a sua opinião nos comentários. #Crime