A propaganda norte-coreana pode ter muitos "atributos", mas não é sutil.

Um novo vídeo, revelado em uma performance musical recente em honra de Kim Il Sung, mostra mísseis deixando uma cidade qualquer dos EUA em chamas. Nas filmagens, um punhado de mísseis viaja sobre o Pacífico, então explodem, formando uma bola de fogo gigante. O vídeo termina com uma bandeira americana ardente, sobreposta sobre um cemitério de cruzes brancas.

Quando o vídeo terminou, todos os artistas e participantes do desfile militar fizeram elogios ao som de 'hurrah!' "Informou a agência estatal de notícias internacionais KCNA. Finalmente, Kim Jong Un sorriu e acenou.

Publicidade
Publicidade

O clipe foi exibido durante uma apresentação do Coro da Coréia do Norte no domingo passado. Seu concerto incluiu canções com letras que podem ser traduzidas como "nosso orgulhoso foguete Hwasong explode" e "voa tão rápido quanto um relâmpago para desafiar o imperialismo", segundo a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

Ataque aos Estados Unidos

Não é a primeira vez que a Coreia do Norte simula um ataque aos #Estados Unidos. Em 2016, o país lançou um vídeo chamado "Última chance", que retratou um ataque nuclear em Washington, com um míssil demolindo o Memorial Lincoln . O vídeo de quatro minutos também apresentou o estilo ocidental dos anos 60 e foi enfático ao mostrar uma nuvem em forma de cogumelo pairando sobre a capital dos Estados Unidos. Ah, e claro - e uma bandeira americana em chamas.

Publicidade

Em 2013, outro vídeo mostrou eventuais ataques das forças norte-coreanas em lançamentos nucleares contra Washington, DC, Califórnia, Havaí e "Colorado Springs". O governo do país produziu também os cartazes que mostram os soldados de Estados Unidos jogando bebês em poços.

Poder da mídia

A mídia estatal tem uma grande influência na #Coreia do Norte, porque a maioria da população do país não pode acessar livremente as informações. Poucos norte-coreanos têm acesso à Internet. Os sinais de rádio internacionais estão bloqueados. As televisões são pré-programadas para receberem apenas canais governamentais. Todas as famílias e empresas norte-coreanas estão equipadas com um rádio controlado pelo governo, ligado a uma estação central. O alto-falante vem com um controle de volume, mas não se pode desligar o interruptor.

O governo de Kim Jong-un realmente se assemelha à atuação da Alemanha nazista durante a 2ª Guerra Mundial, que fez seus ideais macabros tomarem força com o uso simulado de propagandas, que muitas vezes não condiziam com a realidade. #2017