Uma explosão entre duas estações do metrô de São Petersburgo, na Rússia, deixou 11 mortos e 47 feridos, nesta segunda-feira (3). O incidente foi causado por uma bomba e, segundo as autoridades russas, a principal hipótese é de atentado terrorista. Os responsáveis pelo ataque e as motivações ainda não foram identificados, segundo o presidente Vladimir Putin. Três estações de metrô permanecem fechadas e duas foram evacuadas.

A explosão ocorreu por volta das 14h30 (6h30 pelo horário de Brasília) entre a estação de Tekhnologichesky Institut e a de Sennaya Ploschad. Outro explosivo improvisado foi encontrado em uma terceira estação, a Ploshchad Vosstaniya, e desativado por especialistas.

Publicidade
Publicidade

Uma bomba improvisada cheia de estilhaços explodiu dentro de um comboio entre duas estações de metrô no Centro de São Petersburgo, detonada por um homem-bomba suicida, segundo acreditam as autoridades russas, de acordo com as agências de notícia.

Inicialmente, foi revelado que a polícia procurava dois suspeitos pelo ataque e que a bomba foi acionada por controle remoto. O presidente do país, Vladimir Putin, afirmou mais cedo que o governo está considerando todas as possíveis causas da explosão, incluindo #Terrorismo. "Eu já falei com o chefe de nossos serviços especiais. Eles estão trabalhando para determinar a causa das explosões", disse Putin.

No entanto, ao início da noite, fonte policial disse à agência Interfax que os restos mortais de um homem encontrado no local da explosão dão a entender que se trataria de um homem-bomba.

Publicidade

O governo abriu uma investigação para ato terrorista. Agências de notícia dizem que há mandados de busca para duas pessoas. Uma delas teria colocado a bomba no vagão de metrô que explodiu e a outra na estação onde o artefato foi desativado.

O metrô retomou parcialmente os seus serviços após ficar fechado durante várias horas. Medidas de segurança foram tomadas nas entradas e saídas das estações. Segundo a administração do meio de transporte, três linhas voltaram a funcionar normalmente e duas, em parte. Por questão de segurança, o trecho entre as duas estações afetadas pelo atentado permanece fechado.

No início da noite, a população depositou flores em memorial às vítimas da explosão do metrô. #Russia