Na Índia, o que era para ser um momento divertido entre amigos e familiares, resultou em morte, quando um turista permitiu que um encantador de serpentes enrolasse a cobra em volta do pescoço dele.

Na ocasião, o homem levou uma mordida fatal no rosto, enquanto populares acompanhavam a cena, incrédulos.

Contudo, segundo informações do jornal britânico Metro, de terça-feira (11), devido a empolgação do momento, a vítima não percebeu que tinha sido picada enquanto posava para as fotos.

Somente alguns segundos depois o sujeito perguntou ao encantador se a víbora o havia mordido.

Depois disso, com o veneno na corrente sanguínea, ele perdeu a consciência e veio a óbito em menos de uma hora , apesar de ser atendido por um médico em Jodhpur.

Publicidade
Publicidade

Na bizarra gravação, já nos primeiros segundos, a serpente é vista mordendo a face do indiano.

Por incrível que pareça, as pessoas ao redor não perceberam de imediato. Elas permaneceram tranquilas como se nada tivesse acontecido, inclusive o responsável pelo bicho.

Infelizmente, não há detalhes sobre a espécie da cobra. Veja o vídeo. Se ele for excluído do Youtube, copie e cole o link abaixo.

http://metro.co.uk/video/embed/1445389/

VÁRIOS MÉTODOS PARA MATAR

Conforme pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA), ao ser espalhado pela corrente sanguínea, o veneno da cobra causa paralisia, insuficiência respiratória, parada cardíaca e morte. Sem dúvida, é uma dolorida e angustiante forma de perder a vida.

Todavia, eles explicam que as víboras apresentam diferentes métodos para matar as presas, além da picada.

Publicidade

Outra técnica, por exemplo, consiste em cuspir veneno nos olhos das vítimas, gerando dor extrema e cegueira, dizem os acadêmicos norte-americanos.

Porém, o procedimento mais comum é a famosa picada. Estudiosos ressaltam que após a mordida, a única maneira de neutralizar o efeito é aplicar o soro antiofídico. Ele é produzido a partir de anticorpos do sangue do cavalo.

"Se o antiveneno não estiver disponível, sua vida ainda pode ser salva colocando-o em um respirador artificial até que a paralisia do músculo do diafragma desapareça", ressaltam os estudiosos da Universidade Michigan.

Tudo indica que a antiga profissão de "encantador de serpentes", na Índia, está com os dias contados.

No entanto, também é possível que o dono da víbora seja punido criminalmente pela tragédia. Afinal, o animal estava sob seus cuidados.

#Mídia #Curiosidades #Internet