Muito antes da popularização dos drones (zangões), observações de objetos voadores não identificados (ovnis/UFOs) já eram relatados no México, berço da emblemática civilização Maia.

No entanto, os diferentes modelos desses aparelhos também confundem as pessoas. Na maioria das vezes, elas acham que filmaram ou fotografaram um UFO legítimo, quando, na verdade, eram aeronaves não tripuladas.

Porém, também existe o outro lado da moeda. Nesse caso, quando avistamentos autênticos são captados e repercutem na imprensa, autoridades rapidamente tratam de responsabilizar os “zangões” pela confusão.

Apesar dos registros fotográficos e das filmagens atuais não terem a mesma credibilidade de 40 anos atrás, época em que as imagens não eram digitais, portanto, mais difíceis de falsificar, pessoas em todo o mundo ainda continuam a catalogar o fenômeno.

Publicidade
Publicidade

A questão relativa à origem dessas estruturas, entretanto, continuará a ser debatida por décadas entre céticos e crentes, cada qual com suas convicções inabaláveis.

Dessa vez, a filmagem de um suposto ovni, em 27 de março, gravado durante o dia sobre uma movimentada rodovia de Morelia, capital do estado Michoacán (México), repercute no jornal local MiMorelia.

Carlos Arriola, responsável por captar o evento pelo celular, ao trafegar por uma estrada na região norte da cidade, revela que o intenso trânsito da rodovia o impediu de gravar o episódio por mais tempo.

Contudo, a cena gravada pelo mexicano evidencia a presença de uma aeronave de cor escura e formato oval, em lento movimento acima da estrada.

Se ela é pilotada por uma entidade biológica extraterrestre (EBE), ou se é apenas um drone, não há como saber (veja abaixo).

Publicidade

Todavia, no canal do autor da gravação (Youtube), um feroz debate entre os usuários teve início, quando Carlos Guillén disse que o UFO era um drone testado por ele.

“LOL! Você gravou o nosso DRONE, estávamos fazendo um voo de teste”, comentou.

Mas, ao ser intimado pelo ufólogo mexicano Salvador Mora, para conceder entrevista a respeito do hipotético aparelho, Carlos Guillén não se manifestou, nem apresentou fotos do objeto.

A falta de atitude e de provas por parte de Guillén, obviamente fez os demais duvidarem das alegações proferidas por ele.

“Mentiroso filho da p**@, [o que] você ganha com os seus comentários de m***@”, exclamou Rss 4.

Até o momento, o impasse permanece. Também vale ressaltar que o termo ovni/UFO é usado para designar tanto aeronaves ultrassecretas, quanto hipotéticas naves espaciais de outros lugares do universo.

#OVNIS #Curiosidades #Internet