Os tubarões são uma espécie de peixe que têm escamas compactas e costumam ter de 1 a 15 metros, dependendo de sua espécie. Entre os mais conhecidos e perigosos estão o tubarão-branco, #tubarão-tigre e o tubarão-azul. O tubarão-zebra e o tubarão-de-pregas são considerados pela ciência como inofensivos. Existem mais de 400 espécies desse peixe espalhadas pelos oceanos do mundo inteiro, 80 delas estão no Brasil. Eles são carnívoros, e quando entram em contato com os humanos têm o instinto de atacar por se sentirem ameaçados, causando sérios ferimentos ou até mesmo a morte.

Apesar disso, Dean Gonsalves não se sentiu intimidado quando salvou sua mulher, Frankie Gonsalves, que estava sendo atacada por um tubarão em uma #ilha britânica em ascensão, território de Santa Helela, no Atlântico sul.

Publicidade
Publicidade

Eles estavam nadando juntos tranquilamente na praia quando um tubarão, cuja espécie não foi divulgada, chegou até Frankie e a atacou na perna. Quando seu marido percebeu, foi até o #animal e o socou até que ele fugisse. Felizmente, o tubarão não revidou e a mulher foi levada para o hospital mais próximo da região para ser socorrida e passa bem.

O governo responsável pela ilha fez a divulgação do ocorrido no último sábado (22) e alertou aos banhistas sobre a existência de tubarões no local, pedindo que não nadassem naquelas águas para não sofrerem ataques também. Os amigos e familiares do casal fizeram postagens nas suas redes sociais mensagens e alívio e comemoração pela recuperação de Frankie e parabenizaram Dean pela coragem. O caso foi muito comentado nos jornais locais e pelas pessoas do lugar.

Publicidade

Dean ficou bastante conhecido por sua atitude de heroísmo, pois o animal poderia tê-lo ferido também.

Outro Caso

Outro caso registrado de agressão por tubarão foi de um rapaz de 26 anos de idade, que foi surpreendido enquanto praticava bodyboard em uma ilha francesa. Infelizmente o rapaz não teve a mesma sorte e acabou morrendo devido a gravidade dos ferimentos.

Ataques de tubarões são muito comuns em algumas regiões. No Brasil, por exemplo, a praia de Boa Viagem, localizada na cidade de Recife (PE) e outras praias do estado do Pernambuco, são consideradas as mais perigosas do país em relação a ataques de tubarão. Já nos Estados Unidos, o maior número de ataques é registrado no estado da Flórida. Entre as praias mais perigosas do mundo, cinco estão situadas na África do Sul, onde dezenas de ataques foram registrados e muitos foram mortais.