Uma jovem universitária morreu depois de se engasgar com um pedaço de panqueca durante uma competição para ver quem comia mais rápido, promovido por estudantes de uma universidade nos Estados Unidos. A jovem Caitlin Nelson, de 20 anos, estudante de serviço social, participava de uma brincadeira com colegas da Universidade Sacred Heart, em Connecticut, quando ocorreu o trágico #Acidente.

De acordo com informações das autoridades locais, depois de comer aproximadamente cinco panquecas, a garota começou a passar mal. Colegas da jovem perceberam que algo estava errado e correram para ajudá-la. Um estudante de enfermagem que estava no local realizou os primeiros procedimentos médicos para tentar reanimar a jovem e uma equipe de socorro foi chamada para resgatar a vítima.

Publicidade
Publicidade

Catilin chegou a ficar internada por alguns dias no Hospital Colúmbia, em Nova Iorque, mas não resistiu e acabou falecendo no último domingo (2), dois dias após o evento. A família autorizou a doação de órgãos da universitária.

Nas #Redes Sociais, a garota era seguida por centenas de colegas, que ficaram consternados com a #Tragédia e deixaram dezenas de recados para a família da jovem. Suas últimas fotos mostram momentos de descontração com familiares e amigos.

O chefe de polícia da cidade afirmou que os socorristas tentaram socorrê-la de todas as maneiras, mas, infelizmente, um pedaço de panqueca ficou preso no interior da garganta da jovem. A garota era filha de um agente de Autoridade Portuária de Nova Iorque que morreu durante os atentados às torres gêmeas no dia 11 de setembro de 2001.

Publicidade

Catilin Nelson tinha apenas 5 anos de idade quando seu pai morreu no ataque terrorista.

Os colegas da jovem realizaram um evento na universidade para homenageá-la e criaram uma campanha de financiamento coletivo para arcar com os custos de sepultamento de Catilin. Centenas de pessoas compareceram à cerimônia para prestar suas últimas homenagens.

Competições desse tipo são normais em irmandades formadas por jovens nas universidades americanas. A maioria dos eventos tem o intuito de arrecadas fundos para ações sociais locais.