Um grupo de cães perigosos foi atacado a tiros, por policiais armados, no último domingo (2), no Reino Unido. Os #Animais foram mortos por terem atacado um homem e uma mulher, em um parque.

Testemunhas alegaram que pelo menos cinco cães estavam soltos na região de Queens Park, de Bolton, e atacavam pessoas, incluindo crianças.

Imagens dramáticas estão mostrando a polícia chegando à cena e atirando nos cães, na rua. A polícia confirmou que uma mulher de 60 anos de idade ficou ferida em uma mão e um homem teve ferimentos em uma das pernas.

Policiais dispararam contra os cachorros

O vídeo mostra as imagens dramáticas do momento em que os policiais cercaram a rua e começaram a atirar contra os #Cachorros.

Publicidade
Publicidade

O vídeo foi gravado por algumas pessoas, que estavam escondidas, em uma propriedade próxima, e não escondem algum pânico, quando os policiais atiravam contra os cães.

De acordo com o jornal Daily Mail, a polícia disparou contra os cinco cachorros, sendo um deles que correu contra os policiais. Ainda segundo informações, os policiais ainda estão procurando por um cão ferido. Durante o tiroteio, a polícia matou dois cães e confiscou outros dois.

Polícia deteve um homem suspeito

Entretanto, a polícia já tem um suspeito de ser o dono dos cães. Um homem de 38 anos foi detido pela polícia após o incidente, mas ele ainda não foi identificado publicamente. O homem é acusado de permitir que um cão ficasse perigosamente fora de controle em local público. Ele permanece sob custódia e será interrogado pela polícia.

Publicidade

Testemunhas disseram ao Manchester Evening News que o homem estava chorando quando foi levado pela polícia. Marya Mahmood, que trabalha perto de onde o incidente ocorreu, contou que os cães não estavam seguros. "Eles estavam perseguindo os policiais e eles tiveram que atirar neles, caso contrário iriam atacá-los. Eles eram cães muito grandes, que pareciam pit bulls. O homem que foi preso estava chorando porque os cães tinham morrido", contou a testemunha, em declarações citadas pelo jornal Daily Mail.

Em comunicado, a polícia declarou que os oficiais foram ao local com o objetivo número um de sua profissão: "proteger as pessoas". Existem quatro raças de cachorros que estão proibidas de serem criadas, possuídas ou vendidas no Reino Unido, de acordo com a Lei de Cães Perigosos: o Pit Bull Terrier, o Tosa Inu, o Dogo Argentino e o Fila Brasileiro. Qualquer pessoa que vê um cão solto na rua deve relatar para a polícia.

Assista ao vídeo da intervenção policial:

#Casos de polícia