Um vídeo que circula nas redes sociais de toda a Europa mostra uma modelo sendo covardemente agredida por um segurança de uma boate, em Liverpool.

Nas imagens, registradas no último dia 16 de abril, ela aparece já na parte externa da casa noturna, localizada na Rua Matthew. Ela avança nele, tentando dar-lhe um tapa. Ele se esquiva abaixando-se e já desfere um potente soco em seu rosto.

Publicidade

Com o impacto do golpe, a moça cambaleia até quase perder o equilíbrio. O vídeo viralizou, primeiro a partir do twitter. Instalou-se uma enorme discussão sobre quem estava certo e quem estava errado.

Parte dos internautas dizem que ela mereceu o golpe pois foi vista tentando agredir o homem primeiro.

Mas a modelo, identificada como Mickyla Peberdy, natural de Chester, tem outra versão para os fatos..

Publicidade

Ela publicou nas redes sociais que foi o segurança, a quem chama de “gorila”, quem começou as agressões ainda dentro do estabelecimento. Segundo a vítima, ela teria arrastado-a para fora do clube pela perna quando ela subiu em cima de uma mesa para dançar.

Em entrevista ao jornal The Sun ela comentou que as imagens de vídeo estão desfavoráveis a ela porque estão completamente fora de contexto. O vídeo não mostra que ele a importunou primeiro de forma violenta.

“Sim, eu parti pra cima dele, mas porque estava com raiva por ele ter me atacado do nada lá dentro. O que fiz foi autodefesa”.

Ela argumentou também que entende que se alguém parte para cima de um segurança, sendo homem ou mulher, é natural que haja reação. Mas ressaltou que foi ele quem começou a ser violento. “Eu precisava me defender”.

O vídeo de apenas 10 segundos começa quando Mickyla, de salto alto e vestido cinza, vai para cima do homem de uniforme escuro. Assim que ele reage com um gancho de direita e a modelo quase cai, uma outra mulher tenta dizer algo para o homem corpulento..

Publicidade

A mulher agredida consegue recuperar a compostura e volta a protestar apenas verbalmente com o funcionário. A situação chama a atenção dos pedestres.

A filmagem termina quando um outro porteiro tenta acalmar a situação.

A polícia foi acionada para atender a ocorrência. No entanto, nem Mickyla nem o segurança da boate quiseram registrar boletim de ocorrência e levar o caso adiante.

Os internautas rapidamente tomaram partido, assim que o vídeo foi postado no Twitter. Um deles escreveu que o vigia estava certo porque a moça quis atacá-lo e ele apenas reagiu para matê-la longe. Outro escreveu que a modelo agiu como um homem e por isso foi atingida como um homem.

#agressão