Um vídeo gravado nos EUA, em uma espécie de serviço assistencial, deixou muitos americanos revoltados pela maneira com que um jovem rapaz agride outros homens que têm idade para serem seus pais ou avôs.

As cenas começam com o jovem negro, de moletom cinza, partindo para cima de um senhor de casaco preto e boné bege, que tenta se defender. O rapaz chega a certar um soco ou outro, ainda que de raspão, no homem idoso. As pessoas em volta ficam observando, enquanto o mais velho fala bastante e xinga o mais novo insolente.

Algumas pessoas apenas olham indignadas. Outras riem da situação. Um outro homem aparentando ter perto de 60 anos tenta impedir o rapaz de atingir o mais, velho.

Publicidade
Publicidade

De casaco bege, ele se coloca na frente, por vezes agarra o rapaz descontrolado.

Não é possível ter certeza, mas pelo nível de alteração do rapaz ele parece estar alcoolizado ou sob o efeito de drogas.

Passam-se mais alguns minutos em que o jovem sai de perto e depois volta, tentando sempre brigar com o idoso. Um outro homem de bengala esbraveja. Uma adolescente pede para que ele deixem o idoso em paz.

Em um determinado momento o rapaz pula em cima das cadeiras e parece bem perturbado. Depois pula em cima do homem de casaco caqui.

Um outro jovem que filma toda a movimentação do celular dá risada.

Ainda há mais a filmar. O rapaz sobre alguns degraus de uma escada, depois desce e tenta novamente bater no seu alvo. É impedido mais uma vez. Ele então parece que vai se retirar, caminhando até um corredor.

Publicidade

Quando tudo parece ter terminado, ele volta e entra em luta com o menos senhor de casaco preto que apanhou no início do vídeo. Desta vez ele acerta em cheio alguns golpes que fazem o idoso cair no chão. O clima fica tenso. Uma mulher protesta bastante.

O idoso consegue se levantar e o agressor sai de perto. Um rapaz de casaco azul decide que é hora de dar um basta no show de insanidade do jovem delinquente. Ele passa pelo agressor e quando o mesmo se vira leva um soco de direita em cheio. Foi um único golpe, mas forte o suficiente para deixar o valentão desorientado. Ele cai no chão e levanta sem o mínimo equilíbrio.

A valentia parece ter acabado. O agressor sentiu a pancada e teve de se sentar longe do idoso. Agora ele entendeu que tem alguém disposto a pará-lo e decide recuar. Coloca as mãos no rosto e parece estar sangrando. Fim de combate para ele. As testemunhas dão risada e parabenizam o corajoso que enfim colocou um freio no brigão.

#Violência