De acordo com o site RT, no último sábado (20), três jovens do sul da Rússia conseguiram resgatar uma menina de 15 anos após ela ter se atirado em um rio com forte correnteza na tentativa de completar uma das tarefas do desafio conhecido como "#Baleia Azul" – um jogo de suicídio que se tornou notícia no mundo todo depois que um artigo a respeito do assunto foi publicado no ano passado pelo jornal Novaya Gazeta, na qual foi revelado que pelo menos 130 adolescentes russos haviam se matado após receberem ordens para tirar suas próprias vidas através de grupos fechados de mídia social.

Os desafios do jogo "Baleia Azul" alegadamente transcorrem durante um período de 50 dias, na qual jovens psicologicamente vulneráveis são manipulados pelos chamados "curadores" de grupos de internet para que executem uma série de desafios diários – sempre envolvendo comportamento antissocial e auto dano –, e que após serem completados, precisam ser registrados em fotos ou vídeos para que haja uma prova de conclusão das tarefas.

Publicidade
Publicidade

Segundo o que foi amplamente divulgado pela mídia, o último dever de um participante do jogo seria tirar a própria vida.

O incidente envolvendo a garota no último sábado aconteceu na Cabárdia-Balcária, uma divisão federal russa localizada na região do Cáucaso, e a cena foi registrada pelos três jovens que fizeram o resgate da menina.

Garota afirmou que sentiu 'adrenalina'

O vídeo que mostra a menina pulando em um rio perigoso, de águas rápidas e turbulentas, foi publicado no YouTube. No início da filmagem, os jovens que fizeram o salvamento estão na margem oposta, quando registraram o momento em que a garota se aproximou da correnteza. As testemunhas pediram para que ela ficasse onde estava, mas a menina ignorou os avisos e saltou.

Os três amigos russos começaram a segui-la rio abaixo, e quando encontraram uma oportunidade, conseguiram arrastá-la para terra firme.

Publicidade

Assista:

Após ser resgatada, a garota afirmou para os seus socorristas que se atirou nas águas porque estava participando do jogo "Baleia Azul", e quando a indagaram se ela tinha consciência de que seu ato poderia ter resultado em morte, a menina respondeu que "sim" e sorriu. Além disso, ela afirmou que se propôs a realizar os desafios do "Baleia Azul" porque era "legal", e as tarefas exigidas lhe faziam sentir "adrenalina".

Ainda de acordo com o site RT, a garota foi examinada em uma ambulância por uma equipe de profissionais da saúde, e a polícia da Cabárdia-Balcária abriu um inquérito para investigar o incidente. #Investigação Criminal