A polícia divulgou que o #Pai da bebê, de 7 meses, que morreu depois de ficar esquecida em um #carro, não deverá enfrentar uma acusação criminal. "É improvável que isso aconteça", disseram os policiais, depois de a menina ter morrido por insolação dentro do carro. Paul Fogarty, de Dundrum, na Irlanda, esqueceu a bebê dentro do carro, em um dia de muito calor, durante várias horas, mas o homem foi distraído por um telefonema e se esqueceu de que deveria ter deixado a menina na creche.

A justiça irlandesa não deverá acusar o pai precisamente por poder ter se tratado de um acidente. Os oficiais estão investigando a possibilidade de que Paul Fogarty acidentalmente deixou a filha Chloe no banco de trás de seu carro depois de se esquecer de deixá-la na creche no caminho para o trabalho.

Publicidade
Publicidade

A menina morreria mais tarde, já no hospital, por suspeita de insolação, quando as temperaturas subiram a temperaturas elevadas. Os especialistas alertam que os carros podem se tornar perigosamente quentes muito rapidamente.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, quando a temperatura é de 22ºC no exterior, dentro de um carro pode ascender aos 47ºC em apenas uma hora. No caso da pequena Chloe, ela teria ficado várias horas esquecida nesse carro.

Uma fonte policial disse que "esta não é uma investigação criminal. A tragédia não está perto de descrevê-la. Como parte da investigação, a negligência terá de ser examinada, mas desde cedo nós estabelecemos que este foi um acidente. Este é o pior pesadelo de todos os pais".

De acordo com a investigação policial, Fogarty saiu de casa de manhã com a ideia de deixar a sua bebê na creche antes de seguir para o trabalho.

Publicidade

No entanto, a polícia investiga a possibilidade desse pai ter recebido um telefonema, o que o distraiu. Como estava falando, ele seguiu direto para o trabalho e saiu do carro, esquecendo a bebê, possivelmente por cerca de quatro horas no carro.

Chloe era a única filha do casal, que está inconsolável, depois da tragédia. Eles estão sendo confortados pela família, amigos e vizinhos. O pároco Pat Coffey disse que toda a comunidade queria apoiar a família. "É um caso chocante. Todo mundo está sentindo por eles", afirmou.

A menina morreu na última quinta-feira (25), horas depois de ser resgatada do carro. Os serviços de emergência foram acionados por volta das 13h45. A bebê ainda foi transportada de ambulância aérea, mas sua morte foi declarada por volta das 17h, no Hospital Universitário de Limerick. A família de Chloe viajou para o hospital para confortar os pais da menina. #Bebê