No último domingo (7), passageiros que viajavam pela companhia aérea norte-americana Southwest Airlines presenciaram uma violenta briga entre dois indivíduos, no interior da aeronave.

Integrantes do voo, que partiu de Dallas, Texas (#EUA), com destino a Oakland, Califórnia, foram surpreendidos pelo brutal episódio quando o avião pousou na cidade californiana de Burbank.

De acordo com a imprensa estadunidense, Michael Krause, que estava na aeronave, usou o telefone celular para filmar a luta entre os indivíduos.

A gravação, transmitida pela emissora NBC Los Angeles (canal 4), mostra dois sujeitos trocando socos e chutes. No início da confusão, uma mulher ainda segura um dos “brigões”, na tentativa de encerrar o confronto.

Publicidade
Publicidade

O caso repercutiu em conceituados jornais e emissoras do país – confira manchetes abaixo.

Contudo, as agressões continuaram até a chegada dos tripulantes, que interromperam o “espetáculo”.

Conforme a empresa aérea, o confronto teve início no desembarque dos passageiros, quando eles começaram a sair da aeronave.

Publicidade

Todavia, a inusitada situação resultou em sérias consequências a um dos envolvidos, identificado pelo nome Chaze Mickalo Cable, 37 anos, de Lancaster (Inglaterra).

De acordo com Steve Saucedo, sargento da polícia do aeroporto de Burbank, o inglês foi preso por contravenção e enviado ao presídio municipal.

Já, o outro homem, que recebeu diversos golpes no rosto, não teve o nome revelado. Porém, em decorrência da agressão, ele ficou com um olho roxo, um pequeno corte no nariz e um dente trincado.

No boletim de ocorrência, a vítima ainda responsabilizou o inglês pelo tumulto. Disse que tudo começou quando ele fez um comentário – possivelmente de teor sexual – sobre uma mulher sentada atrás dele.

O autor do vídeo, Michael Krause, impossibilitado de intervir na briga devido a uma mão quebrada, confidenciou que o cenário vivenciado dentro do avião era de “caos total” - confira a seguir.

Entretanto, a rápida ação do comissário de bordo e demais membros da tripulação foi elogiada pelos executivos da Southwest Airlines.

Publicidade

"Nossos funcionários são nossos heróis cotidianos e são treinados para diminuir o conflito e entregar hospitalidade sincera", declarou a porta-voz da empresa.

Usuários do YouTube fizeram declarações racistas a respeito dos envolvidos no incidente.

O indivíduo identificado David Shiplet, por exemplo, disse que prefere viajar com cobras do que com negros no avião.

Já, o racista de pseudônimo impronunciável (ℱคςςย đคภשש19), escreveu em espanhol, que sempre há negros envolvidos em brigas.

Veja outros comentários e a gravação original no Twitter de Michael Krause.

#Curiosidades #Viral