Um bebê de aproximadamente um mês de vida, segundo os médicos, foi encontrado vivo por um cão. Conforme informações, a criança estava enterrada dentro de um matagal de difícil acesso, em Chongqing, um município localizado no Sudoeste da China.

Segundo informações de meios de comunicações locais, o incidente aconteceu no dia 6 de maio, mas somente agora foi divulgado. Conforme informações da dona do animal, identificada como Yang Jiali, ela estava procurando o seu animal de estimação e viu o cão cavando [VIDEO] freneticamente um buraco no meio da mata.

Então, a proprietária viu um bebê deitado no buraco. Segundo Yang, o bebê estava enrolado em um pano branco e a boca estava cheia de lama quando foi achado pelo animal.

Publicidade
Publicidade

Ela tinha acabado de pegar o cachorro em um abrigo para ser o seu animal de estimação.

Yang relata que de imediato levou a vítima para a sua casa. Em seguida, levou a criança às pressas para uma unidade médica da cidade de Wutan Town, no distrito de Jiangin, ao Sul de Chongqing, onde recebeu todos os atendimentos para o caso.

Segundo informações divulgadas pelos médicos, o bebê [VIDEO] tem cerca de um mês de idade. Eles suspeitam que a criança sofra de uma doença grave e tenha sido enterrada por seus pais por pensarem que havia morrido.

De acordo com uma médica, identificada como An Yue, o bebê tinha baixa temperatura corporal e ritmo cardíaco lento quando foi levado para a clínica, mas ele está se recuperando bem e seu estado de saúde é estável. Conforme informações da direção do hospital, ninguém ainda foi até a unidade médica a procura da criança.

Publicidade

Diante dos fatos, a direção acionou a polícia, que, por sua vez, está investigando o caso para tentar encontrar os pais da vítima. De acordo com o portal do jornal britânico Telegraph, há relatos anteriores de bebês que foram enterrados vivos na China.

Segundo o portal, enterros de bebês muito jovens são relativamente comuns em áreas rurais, pelo fato de alguns pais acreditarem erroneamente que a criança está morta. Alguns pais residentes das áreas atingidas pela pobreza muitas vezes também agem em desespero, acreditam que não têm meios financeiros para cuidar de seus filhos e acabam enterrando os bebês.

Ainda de acordo com o portal, há dois anos, um bebê com os lábios leporino foi descoberto enterrado em uma caixa de papelão na província do Sul de Guangxi. Milhares de crianças com defeitos congênitos ou outros problemas de saúde são abandonados todos os anos na China. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia