Os relatos de abuso sexual são muito comuns em todo o planeta. No entanto, nos Estados Unidos, notícias de mulheres que estupram menores ou homens são bem comuns. Por lá, a lei é bem severa.

Mesmo quando a relação é consentida, quando a pessoa envolvida tem menos de 18 anos, dependendo do estado, a situação pode ser vista como #Crime. Na Flórida, por exemplo, uma mulher de 38 anos acabou sendo presa por se apaixonar pela pessoa errada.

Nesta semana, o caso de Rebecca McGraw ganhou atenção da mídia internacional. Isso porque ela se apaixonou por uma rapaz. O problema é que ele era menor de idade. O garotão de Rebecca tinha apenas 15 anos e para convencê-lo a ir para cama com ela, a americana deu uma boa grana para o adolescente.

Publicidade
Publicidade

Convertido para moeda brasileira, o dinheiro equivaleria a quase R$ 1 mil.

Regalias em troca de atos sexuais

A americana fazia muito mais pelo menino em troca de noites de carícias e amor. A polícia revela que o adolescente podia até usar os cartões da morena, que, por sinal, é muito bonita, como pode ser visto em uma imagem dessa reportagem.

O rapaz, que não teve o nome identificado, ainda podia usar o carro da mulher. Nos Estados Unidos, a partir dos 16 anos, os jovens já podem tirar a habilitação para dirigir.

Rebecca era considerada uma boa profissional. Gerente de uma espécie de rede de apartamentos, ela nunca teve problemas com as finanças e, por isso, não via problemas em dividir o que tinha com quem mais amava. Ela somente não esperava que essa ação, vista pela lei de seu estado como abuso/estupro de incapaz, fosse acabar indo parar na justiça.

Publicidade

Mulher confessa que teve mesmo atos com rapaz

A americana confessou que fez sexo com o jovem. De acordo com ela, os dois eram vizinhos e acabaram se atraindo um pelo outro. Ela garante que somente foi para cama com ele por três ou quatro vezes.

Na delegacia, Rebecca disse que não é dessas e que não precisava pagar para ficar com ninguém, negando as quantias recebidas pelo menor de idade. A polícia, no entanto, tem provas de que o garoto passeava usando o cartão dela e dirigindo o seu carro.

A mulher foi presa depois que o adolescente confessou que ela pagava para ele ir para cama com ele. Segundo o jovem, os dois se conheceram em um belo dia de primavera. Ele ficou encantado pela vizinha, que o levou para a casa dele, o onde os dois fumaram maconha e beberam bebidas à base de álcool.

Para dar um agrado, a mulher de 38 anos acabou dando dinheiro para ele, que sempre voltava atraído pela vizinha, mas também pelo o que ela oferecia. Rebecca pode até responder ao caso em liberdade, mas desde que pague uma fiança equivalente a R$ 400 mil. #RebeccaMcGraw #Investigação Criminal