A antiga e tradicional foto das primeiras-damas no jantar entre os líderes mundiais na conferência da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Bruxelas, na Bélgica, teve algo diferente esse ano e está entre os assuntos mais comentados da internet. Tudo isso porque a imagem ganhou a presença inédita de um “primeiro-marido": #Gauthier Destenay é casado com o primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel.

Após o encontro, postaram a foto no perfil oficial no Facebook da #Casa Branca, a qual tem por presidente Donald Trump, que já fez declarações horríveis sobre homossexuais, que decidiu ignorar a presença de Gauthier Destenay, marido do primeiro-ministro de Luxemburgo e gay declarado, e omitiu o nome dele na legenda da imagem oficial.

Publicidade
Publicidade

Aparecem nove mulheres e um homem na foto, mas na legenda da fotografia que a Casa Branca publicou na sua página oficial, elas tiveram direito a identificação. Mas ele não.

A repercussão

A repercussão foi tão negativa que, imediatamente após essa atitude um tanto quanto homofóbica, choveram comentários de pessoas indignadas com a identificação das pessoas na imagem, dizendo que estavam sendo "descaradamente desrespeitosos", que não poderia fazer isso com "um chefe de Estado".

Disseram também que a atitude era "repugnante" e que isso era feio para um país com tanta diversidade, alegaram inúmeras vezes que a Casa Branca estava praticando homofobia ao omitir o nome de Gauthier. Então, diante de tanto ataques em várias redes sociais, a Casa Branca se viu obrigada e reeditar a legenda, refazendo e passando a incluir o nome do marido de Xavier Bettel.

Publicidade

As pessoas da foto

Da esquerda para a direita: Brigitte Macron (França), Emine Gulbaran Erdogan (Turquia), Melania Trump (EUA), rainha Matilde (Bélgica), Ingrid Schulerud (mulher do secretário-geral da Otan), Desislava Radeva (Bulgária) e Amelie Derbaudrenghien (Bélgica). Na fila de trás, Gauthier Destenay (Luxemburgo), Mojca Stropnik (Eslovénia) e Thora Margret Baldvinsdottir (Islândia)

Bettel e Gauthier

Em 2014, Xavier Bettel e Gauthier Destenay ficaram noivos. "Ele me pediu e eu disse que sim", declarou Bettel, à época, ao jornal Los Angeles Times. Em maio de 2015, o premiê se tornou o primeiro líder da União Europeia a se casar com uma pessoa do mesmo sexo.

Então, diante disso, o casal foi pioneiro em seu país, uma vez que apenas no final de 2015 a união homoafetiva passou a ser reconhecida legalmente em Luxemburgo. #Homofobia