A polícia forense do Condado de Boulder, no estado americano do Colorado, anunciou na última sexta-feira que o ciclista morto em Sunshine Canyon era um estudante brasileiro de 19 anos natural da cidade de São Paulo. A polícia forense também anunciou que foi realizada uma autópsia, mas as causas da morte do brasileiro ainda estão sob investigação.

O porta voz da Universidade do Colorado, Ryan Huff, confirmou que o jovem era estudante da universidade e membro da equipe de #Triatlo.O estudante morreu no Boulder Community Health's Foothills Hospital na última quinta-feira, 04 de maio, depois de colidir com uma caminhonete perto do número 2200 da estrada Sunshine Canyon Drive.

Publicidade
Publicidade

Um policial do estado do Colorado, Josh Lewis, disse que o estudante seguia sentido leste na estrada Sunshine Canyon Drive quando não conseguiu fazer uma curva para a direita, e atravessou para a pista contrária, sofrendo uma queda quando tentava frear sua bicicleta.

O motorista da caminhonete, um homem de 28 anos, declarou que tentou evitar a colisão, mas não conseguiu. Ele e um passageiro não sofreram ferimentos.

De acordo com Lewis, a velocidade do estudante brasileiro está sendo especulada como fator que pode ter causado o #Acidente. Álcool e drogas não foram considerados.

O policial disse ainda que não havia informações que indicasse que o motorista da caminhonete seria acusado criminalmente por causa do acidente.

A página oficial no Facebook da equipe de Triatlo da Universidade do Colorado , a 303Triatlon, divulgou a notícia e alterou a foto de capa para foto do estudante brasileiro: "Este é para @zazu6969. O ciclista foi morto ao cair no Sunshine Canyon essa semana em #Boulder. Um grande homem que amava a vida. Meu coração está com a sua família e amigos próximos. Para aqueles de nós que não o conhecia, ainda podemos incluí-lo e ser inspirado por quem ele era. Ele viveu a vida ao máximo e realmente era, e é, um símbolo do que o #cutriteam representa. Você fará falta. Brainard Lake."

Acidentes envolvendo ciclismo e alta velocidade não são incomuns.

Publicidade

Nas Olimpíadas de 2016, disputadas no Brasil, a atleta holandesa Annemiek van Vleuten sofreu um gravíssimo acidente enquanto liderava a prova de ciclismo de estrada em agosto de 2016.

Em outubro de 2016, em São Paulo, o ator global Kiko Pissolato sofreu um grave acidente quando teve um defeito no freio de sua bicicleta.