O homem por trás do jogo mortal #Baleia Azul, destinado a adolescente, foi inundado com cartas de amor de meninas adolescentes dirigidas a ele em uma prisão russa, onde ele está sob custódia. Philipp Budeikin está sendo acusado de incitar pelo menos 16 estudantes a se matarem participando de sua mania de mídia social chamado Baleia Azul.

Philipp Budeiki, disse que as vítimas dos suicídios eram "desperdício biológico", acrescentado que as elas estavam "felizes de morrer" e que ele estava "limpando o lixo da sociedade". O rapaz, de 21 anos, também criador dos grupos de morte F57 na rede social russa VKontakte, é acusado de ser o criador do jogo Balia Azul, que tem uma série de desafios exaustivos que eventualmente leva ao #Suicídio após a vítima ser deixada confusa e vulnerável da manipulação emocional através do jogo.

Publicidade
Publicidade

A polícia russa está investigando se o jogo da morte é responsável pelas mortes de muitos adolescentes e há rumores ainda não comprovados de que existe um aplicativo do desafio. Budeiki disse em uma entrevista que seu objetivo com a organização dos grupos de suicídio, que o levou a invenção do jogo Baleia Azul, foi para “limpar a sociedade”, mas outros estão reivindicando um motivo mais básico: o lucro.

"Aqueles que não representam qualquer valor para a sociedade, que causam ou causarão apenas danos à sociedade. Eu estava limpando a nossa sociedade de tais pessoas. Começou em 2013, quando eu criei a comunidade F57. Estive pensando nessa ideia por cinco anos, era necessário distinguir pessoas normais de lixo biológico", disse Philipp Budeikin.

Os primeiros grupos de suicídio da Baleia Azul se originaram na rede social VK, depois que uma adolescente chamada Rina Palenkova cometeu suicídio.

Publicidade

A jovem russa supostamente se matou logo após postar uma selfie na VKontakte. Esta foto foi viral e houve grande interesse em suas páginas pessoais, vídeos, fotos e até mesmo fotos de seu túmulo.

Mas quando Budeikin foi perguntado diretamente se ele realmente empurra adolescentes para cometer suicídio ele respondeu: "Sim. Eu realmente fiz”. O rapaz afirma que as vítimas estavam "morrendo felizes" porque ele lhes comunicou "calor, compreensão, conexões", elementos da vida real que ele insistiu que estavam faltando.

É incerto exatamente como o jogo do desafio da Baleia Azul originou. O criador do F57 disse que estava "aborrecido" por imitadores e nega que tenha sido responsável pela morte de 130 adolescentes. Em vez disso, Budeikin relatou que o número de adolescentes que cometeram suicídio foi de 16 e que eles se mataram sem sua influência direta. #Crime