O jogo “Baleia Azul”, que virou destaque em muitas páginas de jornal e deu o que falar na Internet por conter 50 fases arriscadas, no qual a última tarefa do jogador deveria ser tirar a própria vida, virou motivo de noticia falsa.

A notícia que circulou em muitas conversas, grupos de WhatsApp e nos feeds do Facebook, dizia que a pessoa que criou o jogo “Baleia Azul” havia sido presa e espancada na prisão, o que quase o levou à morte. Esta noticia foi criada por uma Sociedade Anônima, uma mentira e chegou a ser compartilhada mais de 100.000 vezes nas redes sociais do país.

Veja algumas notícias falsas que circulavam na Internet:

“De acordo com a manchete publicada no Moscou News, o #criador do jogo #Baleia Azul, teria sido obrigado a repetir várias vezes, enquanto apanhava, que era um monstro.”

“Depois de entrar em sua cela, ele chegou a ser espancado por seus colegas da prisão.

Publicidade
Publicidade

Ele estava completamente despido e era obrigado a dizer que era um monstro por ter criado o jogo. Enquanto apanhava, ele dizia “Eu sou um monstro sem vergonha.”

“A vítima teve que ser socorrida, pois teve o intestino perfurado enquanto apanhava, depois disso foi levado às pressas ao hospital de Moscou, onde alguns médicos recusaram fazer o seu atendimento, até que a policia ordenou que o jovem fosse tratado pelos profissionais, isso foi o que disse o Secretario de Administração Penitenciária e Justiça. O detento já teve alta e saiu do hospital, agora se encontra em uma cela isolada no presídio.”

“Colegas de prisão dão chutes e socos em criador do jogo da “Baleia Azul” por cerca de 10 minutos, o jovem é russo, conhecido por Philip Budeikin e tem apenas 21 anos.”

“A agressão sobre o criador do jogo “Baleia Azul” aconteceu no dia 28 do mês de abril.

Publicidade

As imagens mostraram que pelo menos quinze homens assistiam o momento em que ele era espancado e não ajudaram; até mesmo um cabo de vassoura foi usado durante o crime.”

“De acordo com o superintendente de Segurança Prisional do presídio, o crime contra o jovem russo será investigado.”

“O delegado local Manel Vanderickz disse que o caso desse rapaz deve ser analisado com muito cuidado, pois ele possui fortes distúrbios mentais”

Veja imagem da falsa noticia:

Além destas sete noticias, várias outras semelhantes foram vistas por aí, mas já foi comprovado que as afirmações são falsas por um motivo único e simples: o criador do jogo da “Baleia Azul” não foi identificado, muito menos preso e espancado na cadeia.

O russo que aparece nas imagens divulgadas, realmente é Phillip Budeikin que tem 21 anos, porém, ele foi detido e preso em São Petersburgo no ano de 2016, depois de ser indiciado como responsável por grupos e organizações que forçavam os jovens a cometer suicídio, porém não tem nada relacionado com o caso do jogo que tomou a internet recentemente.

Até agora não há nenhuma informação nem indícios que ligue Phillip Budeikin e nenhuma outra pessoa à criação do jogo “Baleia Azul”.