Muitas vezes, pessoas que fizeram tatuagens acabam se arrependendo e, em muitos casos, sonham em conseguir remover a tatuagem que foi feita.

Os motivos que levam a uma pessoa a se arrepender são variados, pode ser pelo fato da pessoa não ter gostado de como a tatuagem ficou ou até mesmo pelo fato da pessoa acreditar que isso poderia atrapalhar a sua vida profissional. Existem vários tratamentos para que se possa remover a tatuagem de seu corpo. Desenhos pequenos podem ser removidos com uma cirurgia, porém, para desenhos maiores o ideal seria outros tipos de tratamentos. Por isso, existe essa importância suprema de procurar por um especialista, para que ele avalie minuciosamente o caso e indique o tratamento mais eficaz.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o tabloide britânico "The Mirror", o que aconteceu com uma jovem de 21 anos de idade é assustador. Pasuda Reaw tatuou em seu peito uma linda rosa vermelha, porém, ela acabou se arrependendo e desejou que a tatuagem fosse removida para que ela parecesse mais profissional em seu trabalho.

Mas o que aconteceu com ela foi assustador. A jovem afirmou que a remoção da tatuagem aconteceu de forma erradíssima e o resultado a deixou muito triste.

A jovem não recorreu à remoção a laser, ela optou por remover a tatuagem utilizando o método conhecido como Rejuvi. Esse é um método onde substâncias químicas são aplicadas na pele da pessoa e promete remover a tatuagem em apenas 4 sessões.

Porém, algo deu errado, a jovem relatou que em questão de dias o local onde as substâncias químicas foram aplicadas se tornou um local doloroso e coçava muito.

Publicidade

O método escolhido por ela é aplicado com um tipo de “pistola”, essas substâncias deveriam formar uma “crosta” que pudesse ser descascada e, assim, a tatuagem seria removida.

Porém, se passaram dois meses e Pasuda disse que a dor era torturante. Se não bastasse a dor sofrida por ela, o tratamento deixou uma cicatriz enorme em seu peito.

A jovem é estudante de artes no norte da Tailândia, em Udon Thani.

Ela afirmou que escolheu o método Rejuvi, por achar que essa seria a melhor maneira de remover uma tatuagem e ela não desejava usar lasers.

Ela falou que assim que o tratamento começou o local ficou comichoso e muitíssimo machucado.

Ela ainda afirmou que a pele demorou muito tempo para sair e isso foi como uma tortura para ela. Ela também contou que mal conseguia dormir por causa das dores e coceiras que sentia no local onde a química foi aplicada.

Depois do ocorrido, à jovem decidiu compartilhar as fotos do resultado dessa remoção nas redes sociais.

Ainda, de acordo com as informações do tablóide "The Mirror", o Rejuvis Labs foi contactado, porém, até o momento dessa publicação, não houve resposta.. #Remoção de tatuagem