O jogo 'Baleia Azul' tem feito vítimas em todo o mundo. O game tem o objetivo de que seus jogadores cumpram desafios, sendo que o último deles é tirar a própria vida. A empreitada tem assustado muita gente e, no último sábado (20), quase que mais uma pessoa morre por causa do jogo. Uma menina estava à beira de um rio da Rússia, quando foi salva de terminar o último dos 50 desafios. A informação foi dada com destaque pelo site russo 'Daily KP', que publicou um vídeo do momento em que a jovem foi resgatada. As imagens podem ser vistas ao final dessa matéria. O portal explica que três outros jovens russos salvaram a garota, que não teve o rosto e o nome revelados.

Publicidade
Publicidade

O incidente com a jovem russa aconteceu no Sul do país, na região conhecida como Cabárdia-Balcária. O vídeo teria sido gravado pelos próprios jovens, que estavam ali para fazer o resgate. O objetivo da participante era se jogar dentro do rio de águas confusas. Nas imagens, a impressão que fica é que é bem perigoso pular ali.

O grupo de resgate filmou tudo. O objetivo era mostrar como tudo acontecia. Algumas pessoas chegaram a pedir que a garota não continuasse com o desafio, mas ela não parecia tão interessada em ouvir os outros. Como existia o temor de que a garota fizesse algo contra a vida, o grupo a seguiu até à beira do rio. Felizmente, eles convenceram a jovem mulher de não realizar tamanho ato cruel.

Ao ser questionada porque estava realizando o ato, a menina confirmou que estava mesmo participando do 'Baleia Azul'.

Publicidade

Eles então perguntaram se ela sabia que aquilo era perigoso para ela. A garota disse que sim e que tais atitudes traziam adrenalina. O site que divulgou o caso informa que uma ambulância foi ao local e que levou a menina. Isso pode ser visto também no vídeo de resgate que está na internet.

Números do 'Baleia Azul' no Brasil e no mundo

É bom lembrar que o jogo 'Baleia Azul' começou, justamente, na Rússia. Por lá, mais de 100 pessoas teriam morrido ao entrar na onda dos 50 desafios. O jogo, infelizmente, também disseminou-se no Brasil, onde alguns casos são investigados.

Veja abaixo o vídeo que mostra a menina sendo salva do ato que seria provocado por ela mesma:

Serviço: no Brasil, o Centro de Valorização da Vida, o CVV, realiza um trabalho importante tentando evitar que atos suicidas aconteçam. A entidade trabalha em todo território nacional. O telefone para entrar em contato é o 141. A ligação é gratuita.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante. #Crime