Na segunda-feira (8), o cantor pop paquistanês Faakhir Mehmood compartilhou no Facebook a foto de uma sinistra mulher em cima de um muro, na cidade de Hyderabad, na Índia. Na ocasião, o artista revelou que muitas pessoas observaram e fotografaram a alegada bruxa, chamada na Índia e no Paquistão – países fronteiriços e rivais – de churail. Veja o post do músico abaixo.

A divulgação da imagem e os comentários proferidos por ele foram amplamente noticiados na imprensa de ambos os países, devido a fama do cantor no continente asiático. Confira abaixo manchetes relacionadas ao tema, nos jornais e mídias da Índia e Paquistão.

Conforme a imprensa da região, desde a década de 1990, uma lenda urbana sobre uma mulher de vestido de noiva vermelho, que aterroriza os transeuntes, conhecida pelo termo churail (bruxa), é contada pela população dos dois países.

Publicidade
Publicidade

Agora, a recente aparição de uma aparente bruxa, testemunhada por dezenas de indivíduos, volta a suscitar a possibilidade de uma entidade paranormal ter sido captada e percebida por diversas pessoas.

Entretanto, apesar da imprensa reportar o caso de forma irônica, postando piadas dos internautas a respeito do assunto, a maioria dos jornais não conseguiu evidências para desqualificar as fotos da hipotética bruxa.

Com exceção do The Express Tribune, do Paquistão, que destacou o relato de um usuário sobre o incidente ter acontecido em outro país e a mulher ser uma boneca, nenhum outro veículo midiático elucidou o “enigma”.

Conheça a verdadeira história da “bruxa” indiana

Entre os milhares de comentários, mais precisamente 1,9 mil, até o momento, um único leitor, Belaribia Assya, acabou com a esperança dos crentes, ao salientar que a bruxa é apenas uma boneca.

Publicidade

Assya ainda explicou que a gravação foi realizada no Marrocos, e que o brinquedo com características de um ser sobrenatural foi colocado no local por bandidos.

O objetivo dos marginais, segundo Belaribia Assya, era distrair moradores com a presença da “bruxa”, enquanto eles roubavam residências e fugiam sem serem percebidos.

Além disso, ele ainda postou um vídeo original do momento do acontecimento, que não foi exibido pela imprensa, até o momento. Ao que parece, o assunto está encerrado. Veja o vídeo:

#Mídia #Curiosidades #Viral