Um homem não identificado, de 23 anos de idade, disse ter ficado com sérios traumas psicológicos depois que teria supostamente sido sequestrado e estuprado por três mulheres pelo período de três dias, em Nellmapius, em Pretória, na África do Sul.

Segundo o homem informou às autoridades, ele teria sido capturado após ter chamado um táxi em uma movimentada rua da cidade. O fato ocorreu no último dia 19 de maio.

Durante a corrida, o motorista do táxi acabou mudando de direção, impondo que a vítima fosse para o banco da frente. A porta-voz da #Polícia, Collete Weilbach, disse que as mulheres já estavam no interior do veículo, ou seja, acompanhavam o motorista quando o rapaz pegou táxi.

Publicidade
Publicidade

Dopado

A vítima ainda disse ter sido dopada por uma das mulheres, que teria injetado algum tipo de substância e imediatamente desmaiou. Depois, o rapaz teria acordado em um quarto situado em um local estranho, amarrado a uma cama de solteiro.

As mulheres o obrigaram a tomar uma bebida que, a princípio, teria efeitos energéticos e fizeram sexo forçado com ele várias vezes ao dia, em esquema de revezamento. Finalmente, o homem foi liberado em um local longínquo, em Benoni, aproximadamente a 57 km de distância do local onde ele foi sequestrado.

As autoridades policiais afirmaram que o rapaz estava extremamente traumatizado depois do fato e recebeu tratamento médico. Em nota oficial, a polícia da África do Sul divulgou que leva toda e qualquer denúncia de #Estupro e assédio sexual com seriedade, não importando o sexo.

Publicidade

A polícia também pediu encarecidamente que qualquer pessoa que saiba algo sobre os criminosos entre em contato, bem como eventuais novas vítimas das mulheres e do homem misteriosos.

Brasil

Para quem acha que estupro tão somente ocorre com mulheres, está bem enganado. Nos últimos tempos, houve o crescimento de casos de estupros tendo mulheres como autoras do crime e homens como vítimas. Violência sexual, independentemente do gênero, é crime.

No Brasil, em novembro de 2016, um crime de estupro cometido por uma mulher contra um homem também foi noticiado. O fato ocorreu em Praia Grande, no Litoral de São Paulo, e a vítima foi um jovem rapaz de 21 anos de idade.

O crime foi descoberto quando o jovem contou à mãe sobre o fato, sendo esta quem acionou a polícia buscando encontrar a criminosa, que também não chegou a ser identificada pela polícia. A estupradora seria uma mulher com quem o rapaz teve um relacionamento. #VítimaéHomem