De acordo com as agências Reuters e Associated Press, na manhã do último domingo (14) – no horário local do Oregon, Estados Unidos – um homem coberto de sangue, carregando uma faca e a cabeça decepada de sua própria mãe entrou no Estacada Harvest Market Thriftway e atacou um funcionário do estabelecimento, antes de ser subjugado pelos trabalhadores que estavam em horário de serviço no local.

Segundo o Departamento do xerife do condado de Clackamas, o americano conhecido como Joshua Lee Webb, de 36 anos de idade, está enfrentando as acusações de ter assassinado sua mãe – Tina Marie Webb, de 59 anos – e de ter tentado matar Michael Wagner (66), que se recupera de seus ferimentos internado em um hospital.

Publicidade
Publicidade

Clientes fugiram do mercado e chamaram a polícia

A imprensa local do Oregon afirmou que após Webb ter entrado no mercado na manhã do Dia das Mães apresentando manchas de sangue, os clientes do estabelecimento fugiram assustados e avisaram a polícia. O Departamento do xerife ressaltou que enquanto as autoridades não chegavam ao local, Michael Wagner, mesmo já tendo sido apunhalado, ajudou seus colegas de trabalho na detenção do acusado.

Marvin Flora, proprietário do restaurante Lew's Drive-In – local em que os fregueses do Estacada Harvest Market Thriftway se refugiaram enquanto o #Crime era cometido – declarou que uma senhora entrou no seu ponto comercial dizendo que havia visto um homem ensanguentado carregando algo em seu braço. O empresário acrescentou que o evento foi "traumático", mas que tudo foi tão rápido que "ninguém realmente viu o que estava acontecendo".

Publicidade

Praticamente na mesma hora do incidente no mercado, a polícia recebeu uma chamada proveniente da casa de Joshua Lee Webb localizada em Colton, distante cerca de 19 quilômetros de onde o acusado foi detido. Na residência, as autoridades encontraram o corpo [VIDEO] de Tina Marie.

Ernie Roberts, chefe de polícia da cidade de Sandy (município que fornece os agentes da lei que atuam em Estacada), afirmou que ao ser preso Webb "estava em um estado catatônico", dizendo apenas que tinha sede.

Pai do acusado tenta entender o crime

O pai de Joshua, David Webb, concedeu uma entrevista por telefone à Associated Press, na qual afirmou que seu filho tem problemas de visão e recebe pagamentos do Seguro Social dos Estados Unidos. Entretanto, ele disse que nunca havia visto qualquer sinal de que Joshua poderia ser capaz de cometer os crimes pelos quais está sendo acusado.

David declarou (em tradução livre):

"Eu apenas não posso acreditar que eu perdi minha esposa e filho em um dia... Eu queria ter algumas respostas, mas eu não tenho. Esperei minha vida toda para me aposentar com minha esposa, e agora não posso. Isso é tudo que eu sei". #EUA #Casos de polícia