Nesta quinta-feira (18), sites de notícias de vários países destacaram o mais recente capítulo da #Corrupção na #Política brasileira que atingiu diretamente o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves.

A Associated Press, com sede nos Estados Unidos, abordou tanto a matéria publicada pelo jornal O Globo onde foi feita a denúncia de que Temer foi gravado apoiando a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, quanto a ação deflagrada pela Polícia Federal contra Aécio e seus parentes, destacando que o tucano quase venceu as eleições de 2014 e pretendia voltar a concorrer à presidência em 2018.

Publicidade
Publicidade

O periódico americano também comentou sobre o estrago que a recente revelação de corrupção fez à economia brasileira, quando as ações da Ibovespa despencaram 10% nos primeiros 90 minutos após a sua abertura – com as negociações tendo que ser interrompidas por 30 minutos –, além evidenciar a perda de valor de 8% do real em relação ao dólar antes do meio-dia.

Repercussão na Europa

O site espanhol El País declarou que o governo brasileiro se encontra "à beira do abismo" e que o país está "em estado de choque" após as revelações feitas pelo O Globo na noite de quarta-feira (17), afirmando que o Supremo Tribunal Federal confirmou a abertura de uma investigação contra Michel Temer em face da acusação de obstrução de justiça em benefício de Eduardo Cunha – que foi relembrado como tendo um papel crucial no processo de impeachment da petista Dilma Rousseff.

Publicidade

A rede BBC, de Londres, publicou uma matéria destacando que Temer alegou inocência e que não pretende renunciar, mesmo com sua baixa popularidade e com aproximadamente um terço dos integrantes do gabinete presidencial sendo investigados por corrupção.

Adicionalmente, a BBC deu destaque à informação de que os recentes escândalos vieram à tona por causa das investigações conduzidas pela Operação Lava Jato, que teve início em 2014 com o foco voltado para a Petrobras e que acabou descobrindo um gigantesco esquema de corrupção envolvendo várias empresas. Além disso, a rede londrina lembrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfrenta cinco acusações em função da operação anticorrupção da Polícia Federal.

Na França, o Le Monde comentou sobre episódio "embaraçoso" envolvendo Michel Temer que foi revelado pelo O Globo e também abordou o caso de Aécio Neves, enfatizando que o político tucano teria exigido R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, dono da gigante do setor pecuário JBS, para garantir sua defesa na Lava Jato.

O Le Monde afirmou ainda que Batista não poupou o Partido dos Trabalhadores, ressaltando que o empresário teria dito a investigadores que Guido Mantega, ex-ministro tanto de Dilma quanto de Lula, estava em contato com ele em nome do PT para receber propinas. #Mundo