A vida imita a arte. Neste sábado (27), o portal de notícias G1 repercutiu uma informação criminosa dada por portais de notícias internacionais. Durante a semana, um homem tentou realizar uma prática bem bizarra nos Estados Unidos. Identificado como Matthew Sterling, transtornado, o homem dizia que era um personagem de desenho animado. Até aí, o episódio por si só já seria, no mínimo, inusitado. No entanto, Matthew dizia que queria agir contra os "policiais ruins". O ato foi flagrado por dezenas de pessoas na 'Phoenix Comicon', um feira de amantes dos produtos voltados ao entretenimento nerd. Para isso, ele se vestiu como o personagem 'Justiceiro', conhecido dos quadrinhos.

Publicidade
Publicidade

A informação do G1 foi repercutida de um jornal local, o 'Phoenix News Times'.

Plano era acabar com 'Power Ranger'

Os policiais que trabalhavam na convenção de quadrinhos, ao perceberem que o homem não estava bem, decidiram detê-lo e investigar de onde ele teria surgido. Foi então que os profissionais da lei descobriram que o 'Justiceiro' não queria acabar com os policiais, como chegou a dizer. Ela tinha um alvo certo, deter um dos atores mais famosos da série 'Power Rangers'. O alvo, como mostra a matéria publicada pelo site do Grupo Globo, era o intérprete do ranger verde, o ator Jason David Frank. Desde que saiu da série, Jason tem ganho a vida fazendo palestra e dividindo o seu tempo com celebrações com os fãs desse tipo de programa.

Armas de verdade foram encontradas com falso 'Justiceiro'

Ao chegar à casa do americano Matthew Sterling, a polícia acabou descobrindo um verdadeiro arsenal de armas escondidas.

Publicidade

Ele, no momento da detenção, também estava portando armas de fogo. O americano confirmou que tinha ciência de que na convenção de quadrinhos não se podia entrar armado, mas que ele não poderia obedecer a tal regra, já que era o "justiceiro" de verdade. Sterling é acusado de tentativa de assassinato e está preso, sob uma fiança de US$ 1 milhão. Seu julgamento acontecerá no começo de junho.

Desfecho épico

Assim como nas histórias em quadrinhos, o criminoso foi desmascarado e todos ficaram bem, graças aos heróis, que nesse caso foram os policiais. Foi então que o homem fantasiado decidiu comentar e revelar o seu plano maquiavélico, matar uma das maiores celebridades presentes no evento. Ele queria assassinar o ator que fez o 'Power Ranger' verde. Felizmente, Jason David Frank não sofreu nada e sequer chegou a ver o homem que queria acabar com a vida dele. #Crime