Uma menina de 14 anos foi atropelada, nesta segunda-feira (15), por um trem em Lisboa. A adolescente teve morte imediata. O #Acidente aconteceu quando ela caminhava na linha de trem junto à estação de Braço de Prata, na capital de Portugal.

Várias unidades de primeiros socorros ainda foram chamadas até ao local do acidente, no entanto, nada puderam fazer perante o cenário de horror que encontraram. A Polícia de Segurança Pública já está investigando quais as razões que levaram a menina a conseguir entrar num local que, além de ser perigoso, é também interditado ao público.

A PSP está ainda tentando apurar porque razão Bruna Pedro se encontrava caminhando na linha do trem.

Publicidade
Publicidade

Tudo aconteceu cerca das 14h desta segunda-feira (horário local), quando um trem que fazia a viagem entre Lisboa e a região norte da cidade atingiu mortalmente a menina. O maquinista ainda conseguiu avistar a jovem e tentou frear a composição, mas, a velocidade a que seguia, foi impossível evitar o atropelamento.

Segundo testemunhas que viram o acidente, a menina estava caminhando na linha do trem quando foi atingida pelas costas. Segundo os relatos, é possível que ela não se tenha apercebido da proximidade do trem. Um das possibilidades averiguadas é de Bruna Pedro estar ouvindo música e, por essa razão, não teria percebido a aproximação do trem.

Bruna Pedro era aluna de uma escola próxima da linha. Segundo as primeiras investigações, ela teria conseguido entrar na linha através de um caminho de terra batida que dá acesso a uma zona próxima da estação do Braço de Prata.

Publicidade

Tudo indica que ela teria saído poucos minutos antes da escola que frequentava todos os dias.

A circulação ferroviária esteve parada durante a tarde até o corpo da jovem ter sido retirado da linha. Ele foi transportado por uma equipa da PSP até o Instituto de Medicina Legal de Lisboa. O maquinista do trem ficou em estado de choque e, embora tenha conseguido dar o seu testemunho aos investigadores, está sendo acompanhado por um psicólogo.

Esse foi o segundo acidente mortal na estação de Braço de Prata durante este ano de 2017. Em fevereiro, um homem foi atingido mortalmente por um Alfa Pendular que seguia no sentido Porto-Lisboa. Não se sabe ainda se as circunstâncias desse acidente tiveram alguma semelhança com o da jovem estudante que faleceu ontem.

O que você acha sobre esse acidente? Escreva a sua opinião nos comentários! #Transporte #portugal