No dia 19 de maio, um vídeo de vigilância mostrou uma situação extremamente revoltante ocorrida em um restaurante em Dalian, no nordeste da China.

Entenda o caso

Uma estudante universitária chutou uma criança de apenas 4 anos de idade, dentro do estabelecimento comercial. A situação realmente é inconcebível, mas o fato destacou uma tendência preocupante com o cyberbullying na China.

Uma jovem de jaqueta azul, que mais tarde foi identificada pela #Polícia como uma estudante universitária de sobrenome Fan, é filmada se levantando de seu assento e chutando a #criança, que estava escondida atrás de uma cadeira.

A garota teria gritado várias vezes enquanto brincava de esconde-esconde, o que interrompeu o jantar de Fan com seu namorado.

Publicidade
Publicidade

Fan também foi vista jogando uma garrafa de água em um amigo da mãe da menina, assim que a confusão começou.

A mãe da criança, de sobrenome Song, entrou em vias de fato com Fan antes que os funcionários do restaurante fizessem qualquer coisa.

O caso chamou a atenção dos internautas, depois que Song postou seu relato do incidente junto com várias imagens das imagens de vigilância fornecidas pelo restaurante, em um aplicativo de mensagens instantâneas chinês chamado WeChat.

A mãe, consternada, também deixou seu número de telefone no final do post e chamou as pessoas para ajudá-la a localizar Fan.

Cyberbullying

Fan, a agressora, teria dito em entrevista que concedeu ao jornal local China Youth Daily, que não tinha realmente chutado a menina, mas sim a cadeira atrás da qual a garotinha se escondia.

Publicidade

Ela acrescentou que gostaria de pedir desculpas e oferecer alguma compensação para a família. Diante disso, muitas pessoas acharam que a mãe da criança foi "maliciosa" e distorceu os fatos, fazendo com que Fan parecesse estar errada.

Song, a mãe, disse à mídia local que seu telefone tem sido "bombardeado todos os dias com centenas de chamadas e mensagens falando mal do seu comportamento no restaurante".

A mulher, que durante a ocorrência do fato, agrediu um garçom do restaurante, alegou ter pedido desculpas a ele.

Song disse em entrevista que ela não estava conseguindo entender o motivo de muitas pessoas estarem a criticando com tanta veemência pelo fato de apenas ter protegido sua criança. "Como eu poderia ficar tranquila e só chamar a polícia, ao ver minha criança ser espancada?", questionou ela.

E você, acha que quem está errada é Fan ou Song? #Crime